Humberto Costa coloca Marcos Pontes e Damares Alves no alvo da CPI da Pandemia

Senador e membro titular da CPI da Pandemia Humberto Costa deverá fazer requerimentos convocando dos ministros Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes; e da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, a darem explicações sobre suas atuações no combate à Covid-19

(Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador e membro titular da CPI da Pandemia Humberto Costa (PT-PE) deverá fazer 40 requerimentos visando dar início às investigações sobre a atuação do governo Jair Bolsonaro no enfrentamento à pandemia de Covid-19. Dois dos requerimentos envolvem a convocação dos ministros Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes;  e da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. 

Segundo reportagem da coluna Radar, da revista Veja, o pedido de convocação de Damares se deve à suspeita de “genocídio indígena”, contida na lista da Casa Civil com possíveis 23 acusações que podem ser imputadas ao governo federal. 

Já Marcos Pontes poderá ser convocado para dar explicações  por ter realizado um evento oficial para promover o uso do vermífugo Annita no combate à Covd-19. O remédio, porém, não tem eficácia científica comprovada contra a doença. 

Além deles, outros integrantes e ex-integrantes do primeiro escalão do governo Bolsonaro também deverão ser convocados pela CPI. Entre os nomes estão os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello, além do atual responsável pela pasta, Marcelo Queiroga.

O ex-secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten, o ministro da Defesa, Braga Netto, e o antecessor Fernando Azevedo e Silva também estão na mira dos requerimentos. 

Assista ao vivo na TV 247:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email