Moraes prorroga prisão de bolsonarista que ameaçou Lula, políticos de esquerda e ministros do STF

Ministro do STF Alexandre de Moraes prorrogou por cinco dias a prisão temporária do bolsonarista Ivan Rejane Fonte Boa Pinto

Alexandre de Moraes e Ivan Rejane Fonte Boa Pinto
Alexandre de Moraes e Ivan Rejane Fonte Boa Pinto (Foto: Nelson Jr./SCO/STF | Reprodução/Youtube)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes prorrogou por nesta terça-feira (26)  a prisão temporária do bolsonarista Ivan Rejane Fonte Boa Pinto, detido na sexta-feira(2)  em razão de um vídeo em que fez ameaças a ministros da Corte, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e políticos de esquerda. A prisão foi prorrogada por cinco dias contados a partir desta terça-feira

A decisão de Moraes atende a uma solicitação da Polícia Federal, avalizada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) visando a continuidade das investigações, uma vez que as provas colhidas no computador e no celular de Rejane ainda não foram completamente analisadas. 

continua após o anúncio

“Entendo, portanto, a pertinência da medida, imprescindível para que a autoridade policial avance na análise do material apreendido e na elucidação das infrações penais atribuídas à associação criminosa em toda a sua extensão; bem como analise se há nas informações contidas nos bens e documentos recolhidos elementos que possam ensejar a realização de novas atividades investigativas, além de mitigar as oportunidades de reações indevidas e impedir a articulação com eventuais outros integrantes da associação, que obstruam ou prejudiquem a investigação”, disse Moraes no despacho que prorrogou a prisão do bolsonarista. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247