CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

"O que ocorre em Gaza, de fato, não tem paralelo desde a 2ª Guerra Mundial", diz Carol Proner

"Mais de 28 mil mortes em Gaza dão direito a Lula – e mesmo o dever – de se pronunciar contra a barbárie", defende a jurista e professora

Carol Proner (Foto: Reprodução/Facebook)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A jurista e professora Carol Proner concordou pelo X, antigo Twitter, com o presidente Lula (PT) que, neste domingo (18), afirmou que os métodos do genocídio promovido contra o povo palestino pelo governo israelense são comparáveis aos métodos nazistas

Nesta segunda-feira (19), ela considerou que o presidente acertou ao "se pronunciar contra a barbárie" e disse que as ações de Israel contra os palestinos da Faixa de Gaza configuram "absoluta violação ao direito internacional", 'sem paralelo desde a 2ª Guerra Mundial'.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Mais de 28 mil mortes em Gaza dão direito a Lula – e mesmo o dever – de se pronunciar contra a barbárie. No lugar de cálculo diplomáticos, vale mais perceber que algumas entidades, sentindo-se ofendidas, reafirmam exatamente o bárbaro 'direito de resposta' em absoluta violação ao direito internacional, assumindo a eliminação indistinta por bombardeamento, soterramento, asfixia indiscriminada em túneis com o uso de água e gás, morte por falta de comida e de água, e todos os cruéis tipos de ataques indiscriminados que, assumidamente, atingem crianças, mulheres e civis em geral. Não há quem hoje queira parar Netanyahu, e o que ocorre em Gaza, de fato, não tem paralelo desde a 2ª Guerra Mundial", afirmou a jurista.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO