CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

PF intima Bolsonaro, Michelle, Wassef, e Cid para depoimento simultâneo no escândalo da venda das joias

O objetivo dos responsáveis pelas investigações é evitar uma possível combinação de respostas entre auxiliares do ex-ocupante do Planalto

Da esq. para a dir.: Frederick Wassef, Michelle Bolsonaro, Jair Bolsonaro e joias (Foto: Agência Brasil/Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Jair Bolsonaro (PL), a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro e outras pessoas ligadas à investigação sobre a suspeita de venda ilegal de joias foram intimados pela Polícia Federal (PF) a prestar depoimentos simultaneamente no próximo dia 31 de agosto. O objetivo dos responsáveis pelas investigações é evitar uma possível combinação de respostas entre auxiliares do ex-ocupante do Planalto. A informação foi publicada nesta terça-feira (22) no blog da Natuza Nery

Também foram convocados pela PF Fabio Wajngarten, advogado de Bolsonaro, Frederick Wassef, outro defensor do ex-chefe do Executivo federal, Marcelo Câmara, assessor especial do ex-chefe do Executivo federal; Mauro Cesar Barbosa Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro; Mauro César Lourena Cid, pai de Cid; e Osmar Crivellati, outro assessor de Bolsonaro.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
mauro-cid
Tenente-coronel Mauro Cid. Foto: Edilson Rodrigues - Agência SenadoSenado Federal do Brasil

No último dia 11, a PF iniciou a operação Lucas 12:2, sobre a suposta tentativa de venda ilegal de presentes dados ao governo por delegações estrangeiras. Por lei, os itens devem pertencer ao Estado brasileiro, e não podem ser incorporados  a patrimônio pessoal.

Atualmente, o tenente-coronel Mauro Cid, o filho, está preso após acusação de envolvimento em fraudes em cartões de vacinação. Ele também prestou depoimento na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito dos atos golpistas. A minuta para um golpe de Estado no País com a decretação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) encontrada no celular do militar previa estado de sítio "dentro das quatro linhas" da Constituição. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO