CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Queiroga: Bolsonaro é quem manda no Ministério da Saúde

"A política é do governo Bolsonaro, não é do ministro da saúde. A saúde executa a política do governo”, disse o médico Marcelo Queiroga, que irá assumir o Ministério da Saúde em substituição ao general Eduardo Pazuello

(Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O médico cardiologista Marcelo Queiroga, que foi confirmado por Jair Bolsonaro para substituir o general Eduardo Pazuello no comando do Ministério da Saúde, afirmou, nesta terça-feira (16), que a atual política de saúde "é do governo de Jair Bolsonaro”, e que compete à pasta apenas executar as ações. 

“O governo está trabalhando, as políticas públicas estão sendo colocadas em prática. Pazuello já anunciou todo o cronograma da vacinação em entrevista ontem (segunda, 15). A política é do governo Bolsonaro, não é do ministro da saúde. A saúde executa a política do governo”, afirmou Queiroga, de acordo com reportagem da Folha de S. Paulo

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ele disse, ainda, que pretende dar continuidade ao trabalho de Pazuello. "Pazuello tem trabalhado arduamente para melhorar as condições sanitárias do Brasil e eu fui convocado pelo presidente para dar continuidade a esse trabalho e vencer essa crise na saúde pública brasileira, que não é só na saúde brasileira, é mundial", disse.

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO