Rejeição a Bolsonaro é de 64%, diz pesquisa Ipespe

Levantamento desfaz a fake news de que Lula - que tem um índice inferior a Moro e está empatado com Ciro Gomes - e Bolsonaro são os mais rejeitados

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)


247 - Pesquisa Ipespe divulgada nesta sexta-feira (14) destaca que 64% dos eleitores afirmam que não pretendem votar “de jeito nenhum” em Jair Bolsonaro (PL) nas eleições presidenciais de outubro, um crescimento de dois pontos percentuais em comparação com o levantamento realizado em dezembro. A rejeição ao atual ocupante do Palácio do Planalto é a maior entre todos os pré-candidatos. 

Ainda de acordo com a pesquisa, a rejeição ao nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva alcança 43% do eleitorado, retração de um ponto percentual sobre o levantamento anterior. O índice de rejeição é semelhante ao registrado pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que também é de 43%, uma queda de dois pontos sobre o estudo de dezembro. 

O ex-juiz Sergio Moro, condenado por suspeição nos processos contra o ex-presidente Lula, é rejeitado por 51% do eleitorado, um recuo de dois pontos em relação a dezembro do ano passado. Os dados desfazem a fake news de que Lula - que tem um índice inferior a Moro e está empatado com Ciro Gomes - e Bolsonaro são os mais rejeitados pelos eleitores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em seguida, aparecem João Doria (PSDB), com 55%, Rodrigo Pacheco(PSD), com 39%, Felipe D’Ávila (Novo), com 34%, Simone Tebet (MDB), com 33%, e Alessandro Vieira (Cidadania), com 31%. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O levantamento foi realizado entre 10 e 12 de janeiro de 2022 com 1.000 entrevistados ouvidos por telefone por meio do Sistema CATI IPESPE. A margem de erro máximo estimada é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95,5%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-09080/2022. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
lamina 1

 

lamina 2


Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email