RN: MPF investiga acidente que matou família nas falésias de Pipa

Um casal e uma criança de sete meses passeavam na praia de Pipa quando foram atingidos por pedras e terra que se desprenderam de uma falésia

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte (MPF-RN) iniciou inquérito civil público para apurar responsabilidades sobre o acidente que vitimou uma família na manhã da terça-feira (17) na praia de Pipa, no Rio Grande do Norte.

Um casal e uma criança de apenas sete meses passeavam pela praia sob as falésias da região, quando uma parte delas caiu e acabou soterrando as vítimas. Eles foram sepultadas nesta quarta-feira (18).

O MPF-RN pediu que Prefeitura de Tibau do Sul realize um mapeamento das áreas de falésia e a situação de cada ponto. O órgão também solicitou mais proteção nas falésias de Pipa, tanto para o meio ambiente quanto para os cidadãos que frequentam o local.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email