Servidores do MEC dizem que Milton Ribeiro recebia com frequência pastor investigado no gabinete e até em casa

Mychelle Rodrigues Braga afirmou que "nenhuma outra pessoa ou autoridade esteve naquelas dependências com a frequência do pastor Arilton"

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, com o pastor Arilton Moura
O ministro da Educação, Milton Ribeiro, com o pastor Arilton Moura (Foto: Luis Fortes/MEC)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Servidores afirmaram que o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro recebia com frequência o pastor Arilton Moura em seu gabinete e na casa do ex-titular do MEC. No relato à Controladoria-Geral da União (CGU), a chefe da Assessoria de Agenda do gabinete do ministro da Educação, Mychelle Rodrigues Braga, afirmou que, "durante a gestão de Milton Ribeiro nenhuma outra pessoa ou autoridade esteve naquelas dependências com a frequência do pastor Arilton". A informação foi publicada nesta segunda-feira (27) no portal G1

De acordo com o ex-assessor Albério Rodrigues Lima, a partir de maio de 2021, Milton Ribeiro concedeu espaço mais privilegiado aos pastores Gilmar e Arilton, quando passou a recebê-los em sua casa. 

continua após o anúncio

Ribeiro e os dois pastores foram presos na semana passada por conta de investigações sobre tráfico de influência e corrupção no MEC. A Polícia Federal apura um esquema de liberação de dinheiro em troca de propina. 

O empresário Edvaldo Brito detalhou como funcionava a cobrança de propina para receber repasses do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247