Viagem de Lula à França vira triunfo diplomático para Macron, diz Mathias Alencastro

Para o cientista político Mathias Alencastro, a proximidade com Lula também ajuda o presidente francês em suas ambições eleitorais

www.brasil247.com - Lula e Emmanuel Macron
Lula e Emmanuel Macron (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - O presidente francês Emmanuel Macron transformou a viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Paris em um "triunfo diplomático", na avaliação do cientista político Mathias Alencastro, pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap).

O pesquisador destacou que Lula foi recebido com protocolos arrojados incomuns para uma visita não oficial e chegou ao Palácio do Eliseu para uma conversa de trinta minutos que se estendeu por mais de uma hora. "Fonte da Presidência francesa explicou que 'Macron considerou Lula uma personalidade com a qual era pertinente ele se encontrar'", escreveu Alencastro em artigo na Folha de S. Paulo

"Principal formulador do megapacote de investimentos verdes na África do Sul anunciado durante a recém-encerrada COP26, Macron quer usar a política ambiental para unir em torno do projeto europeu um novo bloco de países do sul. Potência amazônica, democracia em reconstrução e liderança regional, o Brasil idealizado por Lula na Sciences Po, onde Macron estudou, seria uma peça-chave na estratégia internacional de um eventual segundo mandato do presidente francês", avaliou o pesquisador. 

Segundo Mathias Alencastro, a proximidade com Lula também ajuda o europeu em suas ambições eleitorais. "O petista goza de um prestígio inestimável entre o eleitor francês de esquerda, que Macron precisa a todo custo mobilizar para fugir da armadilha da abstenção em um provável segundo turno contra um candidato de extrema direita nas presidenciais de 2022", afirmou. 

"Brasil entra em 2022 em uma situação de Presidência bicéfala, na qual um candidato dialoga com o mundo enquanto o presidente delira no deserto", completou Alencastro. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247