Lula agradece a Macron por “cordial recepção” e diz que “líderes mundiais precisam sentar à mesa para dialogar”

Encontro histórico entre Lula e Macron foi pautado por uma estima mútua e convergência na necessidade de combater a fome, a crise climática, a desigualdade e a extrema direita. Uma contraposição completa ao que representa Jair Bolsonaro

www.brasil247.com - O abraço de Lula e Macron e a reunião entre os dois
O abraço de Lula e Macron e a reunião entre os dois (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - O histórico encontro entre o presidente francês Emmanuel Macron e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã desta quarta-feira (17) no Palácio do Eliseu em Paris terminou com um agradecimento de Lula pela “cordial recepção”. Todo o encontro foi marcado por uma evidente estima mútua  e convergência na necessidade de combater a fome, a crise climática, a desigualdade e a extrema direita. Uma contraposição completa ao que representa Jair Bolsonaro.Veja a foto do encontro, com Lula ladeado pelo ex-chanceler Celso Amorim e o atual presidente da Fundação Perseu Abramo, Aloizio Mercadante:

macron-celso-amorim-lula-mercadante
Macron, Celso Amorim, Lula e Mercadante(Photo: Ricardo Stuckert)Ricardo Stuckert

Veja o caloroso abraço de Lula e Macron: 

lula-macron


Ao final da reunião, Lula destacou que “os líderes mundiais precisam sentar à mesa para dialogar e enfrentar esses desafios com uma governança global. Dividimos preocupações como o avanço da extrema direita pelo mundo e as ameaças à democracia e aos direitos humanos”. E anotou que estiveram também na pauta do encontro “a urgência climática e questões globais como a fome e a pobreza. Também conversamos sobre o futuro da União Europeia e a integração da América Latina”.

Veja os tuítes de Lula:

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista:


 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email