Voto impresso proposto por Bolsonaro representa retorno das fraudes nas eleições, afirma presidente do TSE

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso, afirma que o voto impresso "vai ser um mal para a democracia brasileira"

www.brasil247.com - Luís Roberto Barroso
Luís Roberto Barroso (Foto: Reprodução)


247 - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (21) que na sua avaliação a adoção do voto impresso representa o retorno das fraudes no processo eleitoral.

"O voto impresso vai potencializar o discurso de fraude e vão pedir, como já se pediu aqui, a contagem pública de 150 milhões de votos, e a contagem pública só pode ser manual. Portanto, nós vamos entrar no túnel do tempo, e voltar ao tempo das fraudes em que as pessoas comiam votos, urnas desapareciam, apareciam votos novos. Nós vamos produzir um resultado muito ruim, portanto vai ser um mal para a democracia brasileira", disse

Barroso voltou a defender a tese de que as eleições brasileiras são seguras, transparentes e auditáveis, informa O Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por sua vez, a deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF), que é autora da proposta do voto impresso, defendeu a contagem pública dos votos. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) reforçou o discurso de Kicis sobre contagem pública dos votos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Barroso afirmou ainda que toda iniciativa de investigação por parte da Polícia Federal para o levantamento de possíveis denúncias de fraude nas eleições anteriores será acolhida pelo TSE, conforme o protocolo normal adotado pelo Poder Judiciário para esses casos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email