Weintraub será demitido após participar de ato golpista contra o STF

247 - A participação de Abraham Weintraub em uma manifestação de apoiadores de Jair Bolsonaro na Esplanada dos Ministérios irritou o Palácio do Planalto e ele deve ser demitido.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, o discurso de Weintraub atacando novamente o Supremo foi o motivo da irritação do governo. "Já falei minha opinião, o que faria com esses vagabundos", afirmou o ministro durante o ato, que foi gravado e publicado nas redes sociais.

Os "ministros do STF entenderam a frase como uma nova afronta — e ela soou mais forte ainda porque ocorreu horas depois de a sede do Supremo ter sido atacada por manifestantes que clamam pelo fim da democracia", apontou o jornalista, afirmando que o Palácio do Planalto chegou à conclusão de que não dá mais para segurar Weintraub no cargo.

Receber notificações do Brasil 247. Inscreva-se.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.