Flávio Bolsonaro tenta tomar à força casa de Richarlison, ídolo da seleção brasileira

Empresa do jogador Richarlison adquiriu mansão em 2020, mas amigo de Flávio Bolsonaro usa documentos de antigo dono do local para tomar posse; entenda

www.brasil247.com - Richarlison | Flávio Bolsonaro
Richarlison | Flávio Bolsonaro (Foto: Lucas Figueiredo/CBF | Reprodução | Waldemir Barreto/Agência Senado)


247 - Estrela na estreia do Brasil na Copa do Catar nesta quinta-feira (24), tendo feito os dois gols da Seleção contra a Sérvia, Richarlison é vítima em uma ação judicial movida por um amigo do senador Flávio Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, que quer ser dono de uma mansão comprada pelo jogador.

Em setembro, o jornalista Guilherme Amado, do Metrópoles, revelou que o advogado Willer Tomaz, amigo próximo de Flávio em Brasília, entrou na Justiça para disputar uma mansão de R$ 10 milhões na paradisíaca Ilha Comprida, em Angra dos Reis (RJ), contra a empresa do jogador, a Sport 70, que havia adquirido a casa em 2010.

>> Richarlison, o artilheiro da estreia do Brasil, é ativo política e socialmente

O advogado entrou na disputa para passar ser o dono do imóvel depois de Flávio ter se encantado com a casa, que tem 11 suítes, praia privativa, uma cachoeira, piscina, quadra de tênis e heliponto, entre outros luxos. Em maio deste ano, uma decisão liminar transferiu a posse do imóvel ao advogado Willer Tomaz e Flávio fora arrolado como testemunha.

A batalha judicial é cheia de episódios dramáticos, incluindo uma senhora de 78 anos que diz ter sido enganada para assinar um documento e a expulsão de uma mulher grávida da casa, durante a noite, pela Polícia Militar do Rio de Janeiro, em maio deste ano, conforme relatou Guilherme Amado.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247