João Cezar de Castro Rocha explica como Bolsonaro tentou transformar o Brasil num grande cemitério

Ponto a ponto, o professor de Literatura Comparada e especialista na análise da narrativa bolsonarista mostra como o bolsonarismo tentou transformar o Brasil num enorme cemitério a céu aberto e agora quer livrar seus líderes do Tribunal de Haia

João Cezar de Castro Rocha, Bolsonaro e cemitério
João Cezar de Castro Rocha, Bolsonaro e cemitério (Foto: Tatiana Ferro/SESCSP | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Professor titular de Literatura Comparada na UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), João Cezar de Castro Rocha, apresentou, num fio de nove pontos como Bolsonaro tentou transformar o Brasil num grande cemitério e como, agora, tenta construir uma narrativa para impedir que ele e seus aliados sejam conduzidos ao Tribunal Penal Internacional.

Acompanhe:

 

 

PUBLICIDADE

 

 

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email