"Manaus diz ao Brasil: eu sou você amanhã", diz professor da UFMG

O infectologista e professor Unaí Tupinambás alertou para os riscos gerados pela não-vacinação. Além do prolongamento da pandemia, Tupinambás aponta para o possível colapso dos sistemas de saúde ao redor do Brasil caso a população não seja imunizada rapidamente. Assista

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

 247 - O infectologista e professor associado da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Unaí Tupinambás, no Boa Noite 247 da última terça-feira (26), fez um alerta ao Brasil, notando o risco de superlotação do sistema de saúde caso a CoronaVac não seja aplicada rapidamente na população.

Condenando as declarações falsas de que a taxa de efetividade do imunizante é baixa, o professor fez a seguinte declaração: “caso vacinado ou vacinada e pegue a Covid-19, você vai cair num colchão de espuma, não vai acontecer nada com você. Se pegar Covid, será de uma forma mais branda, diminuindo a mortalidade e internações hospitalares, aliviando o sistema de saúde”.

“O pior dos mundos é acontecer o que aconteceu em Manaus, o colapso do sistema de saúde. Manaus diz ao Brasil: eu sou você amanhã”, alertou. 

Tupinambás ainda rechaçou o plano das empresas privadas comprarem vacinas para seus empregados, classificando a prática como “absurda e imoral”. 

“O próprio diretor da OMS (Organização Mundial de Saúde) deu uma declaração importante, dizendo que isso é uma tragédia moral, um fracasso moral da humanidade caso isso aconteça. Em alguns países, a vacina só vai chegar em 2024-2025”, disse. 

“É muito triste, muito tenso, e a população cansada”, completou. 

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email