CPI da Covid: Renan Calheiros pretende indiciar Roberto Jefferson por disseminação de fake news

O relatório final da CPI deve pedir o indiciamento de até 53 pessoas

www.brasil247.com - Renan Calheiros, relator da CPI da Covid
Renan Calheiros, relator da CPI da Covid (Foto: Edilson Rodrigues)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), pretende pedir em seu relatório final o indiciamento do ex-deputado federal e presidente do PTB, Roberto Jefferson, por disseminação de notícias falsas, inclusive sobre o suposto "tratamento precoce" contra a Covid-19, baseado em medicamentos ineficazes no combate à doença.

O nome do ex-parlamentar, que está preso, só foi incluído neste sábado (16).

O relatório de Renan Calheiros deve pedir o indiciamento de até 53 pessoas. Jair Bolsonaro deve ser acusado de homicídio qualificado, entre outros crimes.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email