CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Cultura

Gaby Amarantos e rap são os destaques do VMB

Cantora paraense levou três troféus na premiação da MTV; rappers venceram cinco das oito categorias que disputavam

Gaby Amarantos e rap são os destaques do VMB (Foto: Marcos Issa/Argosfoto)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Por Bruno Oliveira para o Brasil 247 _A 18ª edição do VMB ficará marcada por coroar a cantora paraense Gaby Amarantos, por consolidar o rap como o gênero musical que mais atrai a atenção da crítica e por pela primeira vez não contar com um apresentador na premiação.

O novo formato da cerimônia da MTV privilegiou os números musicais. Dez artistas se apresentaram, além de um pocket show do Brothers of Brazil – dos irmãos Supla e João Suplicy, tocando trechos das canções indicadas na categoria melhor música. Se por um lado o público ganhou com os shows, por outro perdeu com a falta de momentos divertidos e empolgantes. O resultado foi uma premiação morna, que nem de longe lembrou os ótimos VMBs apresentados pelos ex-VJ's Cazé, em 1999, Marcos Mion, em 2001, e Marcelo Adnet - principal estrela da MTV -, em 2009.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Com quatro horas de duração, somadas as entrevistas pré e pós premiação, o evento começou com o show do Planet Hemp. A banda, que iniciará uma turnê ainda neste mês, não se apresentava há dois anos, desde o aniversário de 20 anos da emissora, no Rio de Janeiro. Já o último show no VMB aconteceu em 2000, quando os cariocas tocaram "Ex-quadrilha da Fumaça". Marcelo D2 e cia subiram ao palco e mandaram alguns de seus principais clássicos, como "Dig Dig Dig (Hempa)", "Fazendo a Cabeça", "Legalize Já", "A Culpa é de quem?" e "Mantenha o Respeito".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Após a apresentação, D2 reapareceu em outro palco, desta vez para tocar "Abre Alas", música de seu disco solo. Os rappers começaram então a ser os nomes da noite. Projota levou o prêmio de Revelação e BNegão & Seletores de Freqüência o de Melhor Disco com Sintoniza Lá. A categoria seguinte, de Melhor Banda, interrompeu o domínio do rap ao ser vencida pela mato-grossense Vanguart. Mas o prêmio de Melhor Artista Masculino conquistado por Criolo reforçava o gênero favorito da noite.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Porém, quem realmente conseguiu dividir as atenções – e os troféus -  com os rappers foi Gaby Amarantos e seu tecnobrega. A cantora foi premiada com a Melhor Capa, pelo disco "Treme", Melhor Artista Feminino e Artista do Ano. Ao agradecer, ressaltou a originalidade de sua obra e destacou a música pop brasileira.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Emicida, com "Dedo na Ferida", e Wado, com "Com a Ponta dos Dedo", dividiram o prêmio de Melhor Música. O rapper subiu ao palco com uma bandeira do MST - Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – e discursou sobre os recentes incêndios ocorridos nas favelas de São Paulo. Antes, Criolo havia tomado atitude semelhante.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Um dos poucos momentos divertidos da noite foi a parceria inusitada entre a dupla sertaneja João Lucas e Marcelo e o vocalista Detonator, da banda Massacration. Juntos, tocaram uma versão metal do sucesso da dupla "Eu quero tchu, eu quero tcha" para então apresentarem a categoria Hit do ano. A banda Restart levou o troféu por "Menina Estranha" e, pelo terceiro ano seguido, foi vaiada quando subiu ao palco. Sem se abater, o vocalista Pe Lanza disse não haver necessidade para aquela reação do público. Antes de sair, ainda homenageou algumas bandas de rock brasileiras. "NX Zero, Fresno, Strike, O Rappa, Charlie Brown, tamô junto", disse. Os Racionais MC's conquistaram o prêmio de clipe do ano com "Mil Faces De Um Homem Leal (Marighella)".

Shows

Além da apresentação do Planet Hemp, a premiação contou com shows de Karina Buhr com "Cara palavra", Agridoce com "Please, Please, Please, Let Me Get What I Want", Projota com "Desci a Ladeira"/"Pode se Envolver", ConeCrewDiretoria com "Chama os Mulekes", Emicida com "Dedo na Ferida" e Gal Costa com "Neguinho".

Os Racionais MC's encerraram a premiação com "Cores e valores parte II", "Eu sou 157", "Tá na chuva", "Nego Drama", "Mil Faces De Um Homem Leal (Marighella)", "São Paulo" e "Da ponte pra cá", além de "That's My Way" de Edi Rock com participação de Seu Jorge. A última e única apresentação da banda no VMB foi em 1998, quando levou o principal prêmio na época, o de Escolha da Audência. Entre os dez shows anunciados neste ano, o dos Racionais foi o que causou maior expectativa.

Confira abaixo a lista dos vencedores:

REVELAÇÃO
Rancore
Projota
ConeCrewDiretoria

MELHOR DISCO
Vivendo do Ócio - "O Pensamento é um Imã"
Vanguart - "Boa Parte de Mim Vai Embora"
Cascadura - "Aleluia"
Agridoce - "Agridoce"
BNegão & Seletores de Frequência - "Sintoniza Lá"

MELHOR BANDA
ConeCrewDiretoria
Restart
Forfun
Gloria
Vanguart

MELHOR CAPA
Autoramas - "Música Crocante"
Zeca Baleiro - "O Disco do Ano"
Vanguart - "Boa Parte de Mim Vai Embora"
Agridoce - "Agridoce"
Gaby Amarantos - "Treme"

ARTISTA INTERNACIONAL
Demi Lovato
Jay-Z & Kanye West
Justin Bieber
Katy Perry
Lana Del Rey
Maroon 5
Nicki Minaj
One Direction
Rihanna
Taylor Swift

MELHOR ARTISTA MASCULINO
Projota
Dinho Ouro Preto
Emicida
Criolo
Lenine

APOSTA
RAPadura Xique Chico
Soulstripper
O Terno
Lemoskine
Selvagens à Procura de Lei

MELHOR MÚSICA
Vivendo do Ócio - "Nostalgia"
Emicida - "Dedo na Ferida"
Rita Lee - "Reza"
Vanguart - "Mi Vida Eres Tu"
Wado - Com a Ponta dos Dedo

HIT DO ANO
Agridoce - "Dançando"
ConeCrewDiretoria - "Chama os Mulekes"
CW7 - "Tudo Que Eu Sinto"
Emicida - "Zica, Vai Lá"
Forfun - "Largo dos Leões"
O Teatro Mágico - "Nosso Pequeno Castelo"
Projota - "Desci a Ladeira / Pode se Envolver"
Rashid - "Quero Ver Segurar"
Restart - "Menina Estranha"
Strike - "Fluxo Perfeito"

MELHOR ARTISTA FEMININO
Maria Gadú
Mallu Magalhães
Gal Costa
Rita Lee
Gaby Amarantos

CLIPE DO ANO
Fresno - "Infinito"
ConeCrewDiretoria - "Chama os Mulekes"
Edi Rock part. Seu Jorge - "That's My Way"
Gaby Amarantos - "Xirley"
Vanguart - "Mi Vida Eres Tu"
Racionais MC's - "Mil Faces De Um Homem Leal (Marighella)"
Emicida - "Zica, Vai Lá"
Mallu Magalhães - "Velha e Louca"
Criolo - "Mariô"
Garotas Suecas - "Não Se Perca Por Aí"

ARTISTA DO ANO
Rita Lee
Emicida
Agridoce
Vanguart
Gaby Amarantos

Fotos: Marcos Issa/Argosfoto

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO