Taís Araújo: Spike Lee está sendo muito corajoso

Atriz Taís Araújo, que foi vítima em outubro de ataques racistas no Facebook, elogiou Spike Lee pela coragem de propor, nos EUA, um boicote ao Oscar: “Acho que Spike Lee está sendo corajoso, porque está mexendo com o mercado. No entanto, é coerente que o diretor de um filme como Faça a Coisa Certa não fique calado. Essa é a causa dele, pela qual lutou uma vida inteira. Vão homenageá-lo sem colocar um representante da sua causa? Acho interessante esse radicalismo americano”

Atriz Taís Araújo, que foi vítima em outubro de ataques racistas no Facebook, elogiou Spike Lee pela coragem de propor, nos EUA, um boicote ao Oscar: “Acho que Spike Lee está sendo corajoso, porque está mexendo com o mercado. No entanto, é coerente que o diretor de um filme como Faça a Coisa Certa não fique calado. Essa é a causa dele, pela qual lutou uma vida inteira. Vão homenageá-lo sem colocar um representante da sua causa? Acho interessante esse radicalismo americano”
Atriz Taís Araújo, que foi vítima em outubro de ataques racistas no Facebook, elogiou Spike Lee pela coragem de propor, nos EUA, um boicote ao Oscar: “Acho que Spike Lee está sendo corajoso, porque está mexendo com o mercado. No entanto, é coerente que o diretor de um filme como Faça a Coisa Certa não fique calado. Essa é a causa dele, pela qual lutou uma vida inteira. Vão homenageá-lo sem colocar um representante da sua causa? Acho interessante esse radicalismo americano” (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Vítima de ataques racistas no Facebook, a atriz Taís Araújo elogiou Spike Lee pela coragem de propor, nos EUA, um boicote ao Oscar:

“Acho que Spike Lee está sendo corajoso, porque está mexendo com o mercado. No entanto, é coerente que o diretor de um filme como Faça a Coisa Certa não fique calado. Essa é a causa dele, pela qual lutou uma vida inteira. Vão homenageá-lo sem colocar um representante da sua causa? Acho interessante esse radicalismo americano, 'Não me representa, não consumo'.

Além do que, é impossível que não tenha tido um ator negro com um bom desempenho no cinema”, disse ela, em entrevista a colunista Sonia Racy.

Segundo ela, a solução do problema passa pela Educação. “A política de cotas é importante, sim, até como uma medida emergencial. Mas é a educação para todos que pode mudar o País” (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247