CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Bolsonaro propõe corte de 58% no DataSUS, que administra dados do sistema de saúde

O DataSUS administra, por exemplo, dados sobre filas para consulta e procedimentos, além de lidar com informações sensíveis de milhões de usuários dos serviços de saúde

Bolsonaro-SUS (Foto: Agência Brasil - EBC)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Na proposta de Orçamento para 2023 enviada ao Congresso Nacional, o governo Jair Bolsonaro (PL) estabelece um corte nominal de 58% na verba do DataSUS (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde), informa a Folha de S. Paulo.

O DataSUS é responsável pelo desenvolvimento e gestão de sistemas do SUS, por exemplo, sobre filas para consulta e procedimentos. O departamento também lida com informações sensíveis de milhões de usuários dos serviços de saúde.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Durante a pandemia, foi o DataSUS que administrou aplicativos de certificação das vacinas contra a Covid-19, como o ConecteSUS.

Na proposta enviada por Bolsonaro, o DataSUS teria R$ 140,2 milhões disponíveis em 2023. A verba sugerida para 2022 foi de R$ 330 milhões. Em 2019, primeiro ano do atual governo, o departamento tinha R$ 512 milhões em recursos disponíveis.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ex-diretor do DataSUS, o médico sanitarista e pesquisador Giliate Coelho diz que o corte no departamento aumentará a vulnerabilidade de um serviço que atende grande parte do país. "A maior parte dos municípios não tem recurso para contratar soluções de tecnologia e depende do Ministério da Saúde".

Em nota, o Ministério da Saúde se diz atento "às necessidades orçamentárias e buscará, em diálogo com o Congresso Nacional, as adequações necessárias".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO