CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Fed volta a subir taxa de juros dos EUA em 0,25 ponto percentual

Mais do que a decisão de juros em si, os analistas de mercado estavam de olho no tom do comunicado do Fed e nas falas do presidente do Fed, Jerome Powell

Imagem Thumbnail
Sede do Federal Reserve, em Washington 26/01/2022 (Foto: REUTERS/Joshua Roberts)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

InfoMoney - O Federal Open Market Committee (Fomc), comitê do Federal Reserve, elevou os juros dos Estados Unidos em 0,25 ponto percentual, para uma banda entre 5% e 5,25% ao ano, conforme decisão desta quarta-feira (3).

Mas, mais do que a decisão de juros em si, os analistas de mercado estavam de olho no tom do comunicado do Fed e nas falas do presidente do Fed, Jerome Powell, em busca de sinalizações de uma pausa em seu ciclo de aperto monetário de 14 meses, à medida que as autoridades equilibram a necessidade de desacelerar a inflação contra um conjunto premente de riscos, que vão desde falências bancárias até a possibilidade de inadimplência da dívida dos EUA já no próximo mês.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A inflação tem caído apenas lentamente, deixando algumas autoridades do Fed nada convencidas de que a taxa de juros subiu o suficiente para realmente controlá-la. No entanto, a própria economia parece estar enfraquecendo, um trio de falências bancárias recentes levantou preocupações sobre problemas mais amplos no setor financeiro e a natureza instável das negociações sobre o limite da dívida entre republicanos no Congresso e a Casa Branca controlada pelos democratas pode desencadear uma crise aguda se o governo dos EUA for forçado a parar de pagar suas contas.

Em março, 10 das 18 autoridades do Fed indicaram que provavelmente estavam prontas para interromper os aumentos dos juros depois de mais um aumento da reunião desta quarta.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Entre esse consenso e outros problemas que se intensificaram nesse ínterim, a expectativa era de que o Fed devesse ao menos abrir as portas para a perspectiva de que o aumento fosse o último do atual ciclo de aperto, sem uma surpresa inflacionária futura.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO