CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

IBGE: Indústria recua em 12 de 15 locais pesquisados em dezembro em 2019

Houve recuo da indústria em 12 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE no último mês de 2019. As maiores quedas do mês foram em Mato Grosso, com -4,7%; Rio de Janeiro, com -4,3%; e Minas Gerais, com -4,1%. Os maiores avanços foram no Paraná, com alta de 4,8% e no Pará, que observou crescimento de 2,9% no setor

(Foto: Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Da Agência Russa Sputnik News - Nesta terça-feria (11), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou dados sobre o desempenho da indústria brasileira em dezembro de 2019.

Segundo a publicação, houve recuo em 12 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE no último mês de 2019. As maiores quedas do mês foram em Mato Grosso, com -4,7%; Rio de Janeiro, com -4,3%; e Minas Gerais, com -4,1%. Os maiores avanços foram no Paraná, com alta de 4,8% e no Pará, que observou crescimento de 2,9% no setor.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Já o acumulado do ano apresenta um cenário de menos recuos no total de locais pesquisados, apesar da queda geral da indústria nacional, de - 1,1%.

No total, sete dos 15 locais pesquisados mostraram taxas negativas de crescimento, com destaque para Espírito Santo, com -15,7%; e Minas Gerais, com -5,6%, que tiveram quedas mais intensas que a média nacional. As maiores altas foram registradas no Paraná, com 5,7%; e no estado do Amazonas, com 4,0%.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A queda de 1,1% na produção industrial nacional em 2019, superou expectativas de mercado, conforme apontou o relatório Focus na última semana do ano. A média traçada pelo relatório do Banco Central previa queda de 0,73% na produção industrial do ano. O relatório mais recente do Banco Central aponta expectativa de crescimento da produção industrial no Brasil de 2,33% em 2020.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO