CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Laura Carvalho: o neoliberalismo está derrotado

“Esse receituário que vinha sendo implementado de concentrar toda a agenda econômica nos cortes de gastos públicos, de despesas obrigatórias, e muitas vezes até de direitos constitucionais, não funciona para fazer a economia crescer”, afirmou a economista Laura Carvalho à TV 247. Assista

Laura Carvalho e Paulo Guedes (Foto: Brasil247 | José Cruz/Agência Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A economista e professora da USP Laura Carvalho afirmou, em entrevista à TV 247, que o neoliberalismo mostrou ser um modelo econômico fracassado e incapaz de gerar o crescimento da economia brasileira. 

Autora de “Valsa brasileira: Do boom ao caos econômico”, Laura explicou que a economia do Brasil tornou-se ainda mais lenta no governo Jair Bolsonaro, sob a tutela do ministro da Economia neoliberal, Paulo Guedes, do que era no governo de Michel Temer, que foi a gestão “com a mais lenta recuperação da história das crises”. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Do ponto de vista concreto, na sua agenda, o neoliberalismo está derrotado, na medida em que não entregou resultados nesses últimos cinco anos. Se a gente pensar já se passaram cinco anos desde o início da nossa recessão de 2015 e a gente nem estava perto de recuperar o nosso nível de renda pré-crise de 2014 quando agora sofremos um outro choque que vai deixar isso tudo ainda mais distante e mais trágico. Mesmo antes da pandemia chegar aqui, a gente já estava com o resultado frustrante do PIB de 2019, veio o resultado que na verdade foi de um crescimento menor no primeiro ano do governo Bolsonaro do que nos dois últimos anos do governo Temer, ou seja, a economia brasileira desacelerou em 2019”.

“O governo Temer já foi o governo com a mais lenta recuperação da história das crises e o governo Bolsonaro ainda conseguiu piorar. Isso para mim já é a prova de que esse receituário que vinha sendo implementado de concentrar toda a agenda econômica nos cortes de gastos públicos, de despesas obrigatórias, e muitas vezes até de direitos constitucionais, não funciona para fazer a economia crescer”, completou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista na íntegra:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO