Política de preços é inflacionária, diz doutor em Economia

"Em breve o problema ressurgirá, porque a lógica anterior permanece, com incertezas adicionais do ponto de vista fiscal, além do cenário de preços de petróleo e dos movimentos internacionais de valorização do dólar" diz José Augusto Gaspar Ruas, Doutor em Economia pela Unicamp a respeito da política de preços da Petrobrás; "Essa política, que funciona com menor instabilidade em mercados centrais, no Brasil é uma adaptação quase irracional do ponto de vista da gestão econômica", ressalta

petroleo
petroleo (Foto: Paulo Emílio)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - "Em breve o problema ressurgirá, porque a lógica anterior permanece, com incertezas adicionais do ponto de vista fiscal, além do cenário de preços de petróleo e dos movimentos internacionais de valorização do dólar" diz José Augusto Gaspar Ruas, Doutor em Economia pela Unicamp a respeito da política de preços da Petrobrás a Carlos Drummond, na Carta Capital.

"Obviamente, uma empresa que age sob interesse privado fará de tudo para retirar esse risco de seu balanço e foi o que fez a Petrobrás nos últimos meses. Um governo razoavelmente inteligente não poderia jamais permitir, entretanto, um canal de transmissão inflacionária tão óbvio. Não podemos esquecer que o Brasil é o país emergente com a maior flutuação nas taxas de câmbio. Essa política, que funciona com menor instabilidade em mercados centrais, no Brasil é uma adaptação quase irracional do ponto de vista da gestão econômica".

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247