Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim abre mão de presidir conselho da Petrobrás

O atual rubro-negro havia sido indicado para o cargo pelo governo Bolsonaro junto com a indicação do entreguista Adriano Pires para a presidência da estatal

www.brasil247.com - Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim
Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim (Foto: Divulgação)


247 - O atual presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, anunciou neste domingo (3) que não assumirá a presidência do conselho da Petrobrás. O atual presidente do Flamengo havia sido indicado para o cargo pelo governo Jair Bolsonaro em 28 de março, junto com a indicação do economista Adriano Pires para a presidência da estatal.

Em nota publicada no site do clube carioca, após o vice-campeonato estadual do rubro-negro, nesse sábado (2), Landim afirmou que, "apesar do tamanho e da importância da Petrobras para o nosso país, e da enorme honra para mim em exercer este cargo, gostaria de informá-lo que resolvi abrir mão desta indicação, concentrando todo meu tempo e dedicação para o ainda maior fortalecimento do nosso Flamengo".

"Minha preocupação em não conseguir, dada a dedicação que as duas instituições demandariam nesse momento, exercer ambas as funções com a excelência por mim desejada e à altura que a Petrobras e o Flamengo merecem", disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Em relação ao Flamengo, os últimos acontecimentos me demonstraram a necessidade de termos todos nós o compromisso de um grau ainda maior de dedicação e foco ao Clube”, afirmou, citando também que foi reeleito para um mandato de três anos e que “exercer bem o cargo de presidente do Flamengo é minha total prioridade", acrescentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Landim ocupou cargos de gestão na Petrobras por 26 anos, incluindo a presidência da Gaspetro e da Vibra, antiga BR Distribuidora. Posteriormente ele deixou a estatal para trabalhar com o empresário Eike Batista na mineradora MMX e na petroleira OGX, mas se desentendeu com ele antes de o conglomerado quebrar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fundou então sua própria petroleira, a Ouro Preto Óleo e Gás. Vendeu para um grupo de investidores em fevereiro de 2020. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email