Reportagem do New York Times destaca êxito da BYD

Mais de 80% das vendas da BYD ocorrem na China, o maior mercado automobilístico do planeta

BYD
BYD (Foto: Reuters)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Uma recente matéria publicada no New York Times enfatiza o notável sucesso alcançado pela BYD, uma empresa chinesa que começou como fabricante de baterias e, posteriormente, evoluiu para se tornar uma concorrente de peso no mercado de veículos elétricos. Em 2007, a BYD era vista com desdém pela indústria automobilística, mas hoje, desbancou a Tesla em vendas globais de carros totalmente elétricos, marcando um feito histórico na indústria.

Com um crescimento surpreendente nos últimos anos, a BYD expandiu suas operações para além das fronteiras chinesas, estabelecendo linhas de montagem em países como Brasil, Hungria, Tailândia e Uzbequistão. Além disso, está prestes a liderar o mercado chinês, prevendo-se que ultrapasse até mesmo o Grupo Volkswagen, consolidando sua posição como uma das principais fabricantes de veículos elétricos do mundo.

continua após o anúncio

Mais de 80% das vendas da BYD ocorrem na China, o maior mercado automobilístico do planeta. Esse crescimento exponencial é comparável apenas ao registrado pela General Motors após a Segunda Guerra Mundial, demonstrando a magnitude do feito alcançado pela empresa chinesa em um curto período de tempo.

A ascensão meteórica da BYD tem despertado interesse e, ao mesmo tempo, levantado questões sobre as políticas de subsídios do governo chinês e o impacto dessas práticas no comércio global. A rápida expansão da BYD na Europa também está sob escrutínio, levando à investigação da União Europeia sobre a possibilidade de tarifas sobre os produtos da empresa chinesa. Assim, enquanto celebra seus sucessos, a BYD enfrenta também o desafio de responder às preocupações e críticas que acompanham seu crescimento vertiginoso.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247