Rodrigues: 2015 terá "tranco suave" ou "paulada" na economia

Colunista Fernando Rodrigues prevê que, em 2015, ajustes serão feitos nas tarifas públicas e nos preços dos combustíveis; mas há diferenças nas propostas do governo, que promete correções graduais, e da oposição, que poderá fazer tudo de uma vez só

Fernando Rodrigues, jornalista Folha S P. A Nova ordem Politica Empurrada pela revolucao das Midias Sociais. O poder da internet e da comunicacao descentralizada. Fecomercio, Sao Paulo, 25mar11.
Fernando Rodrigues, jornalista Folha S P. A Nova ordem Politica Empurrada pela revolucao das Midias Sociais. O poder da internet e da comunicacao descentralizada. Fecomercio, Sao Paulo, 25mar11. (Foto: Leonardo Attuch)

247 - O que é melhor: um ajuste duro na economia em 2015 ou correções graduais nas tarifas públicas e nos preços dos combustíveis? Isso estará em jogo em 2015, segundo argumenta o jornalista Fernando Rodrigues na coluna "O tranco de 2015", publicada na Folha de S. Paulo.

"Pela lógica dilmista, com o PT no Planalto, o "ajuste" será suave e gradual. As tarifas represadas de combustíveis e energia serão liberadas aos poucos – em até dois ou três anos, como disse nesta semana o presidente do BNDES, Luciano Coutinho", diz ele.

"Na narrativa governista, se um candidato de oposição ganhar o Planalto, o mais provável é a paulada vir de uma vez. Aécio Neves (PSDB) ou Eduardo Campos (PSB) terão todas as desculpas do mundo para produzir as maldades econômicas já em 2015. A culpa será debitada no PT."

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247