'Não vai mudar nada na Espanha', diz Pep Guardiola sobre racismo contra Vini Jr.

"Vamos esperar que a justiça faça o que é correto. Mas, permita-me dizer, isso não mudará nada na Espanha", disse o técnico do Manchester City

Pep Guardiola
Pep Guardiola (Foto: REUTERS)


247 - O técnico Pep Guardiola abordou em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (26) os incidentes de racismo na Espanha contra o jogador Vinícius Júnior, do Real Madrid. Guardiola, atualmente treinador do Manchester City, expressou ceticismo em relação à possibilidade de progresso nesse assunto por parte do país espanhol.

Guardiola também destacou a necessidade de a La Liga, competição em que ele treinou o Barcelona, ​​aprender a combater o racismo nas competições europeias seguindo o exemplo da Premier League, que supervisiona o Campeonato Inglês.

"La Liga deveria aprender com a Premier League. Aqui eles são muito rigorosos nesse aspecto e sabem o que precisa ser feito. O racismo é um problema global, não restrito a um lugar específico", mostrou o técnico.

"Esta pode ser uma oportunidade importante para a Espanha dar um passo adiante. Contudo, conhecendo a forma como as coisas funcionam lá, não estou otimista. Vamos esperar que a justiça faça o que é correto [...] Mas, permita-me dizer, isso não mudará nada na Espanha", concluiu.

Vinícius Jr foi alvo de insultos racistas durante a partida entre o Real Madrid e o Valencia no último domingo (21), válido pelo Campeonato Espanhol. O jogador brasileiro não se calou diante do ocorrido, o qual ganhou repercussão mundial e gerou pedidos para que as autoridades apliquem punições aos responsáveis.

O Manchester City, campeão inglês sob o comando de Guardiola, ainda tem um jogo pela frente neste domingo (28) contra o Brentford, às 12h30 (horário de Brasília), pela última rodada do Campeonato Inglês. Além disso, a equipe enfrentará o Manchester United na final da Copa da Inglaterra e o Inter de Milão na final da Liga dos Campeões.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247

Cortes 247