CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Aribé não quer PSB com DEM ou PSC, mas com Jackson

Vereador Lucas Aribé (PSB) defendeu, nesta quinta (27), que o PSB se mantenha na base governista, independentemente do espaço que ocupe na chapa majoritária no projeto de reeleição do governador Jackson Barreto (PMDB); no entanto, ele é contrário a um entendimento com o DEM, do prefeito João Alves Filho, ou com o PSC, do senador Eduardo Amorim; "Não se mantendo ao lado de Jackson, defendo uma candidatura própria", afirmou; será que o senador Valadares ouvirá os apelos de Aribé?

Imagem Thumbnail
Vereador Lucas Aribé (PSB) defendeu, nesta quinta (27), que o PSB se mantenha na base governista, independentemente do espaço que ocupe na chapa majoritária no projeto de reeleição do governador Jackson Barreto (PMDB); no entanto, ele é contrário a um entendimento com o DEM, do prefeito João Alves Filho, ou com o PSC, do senador Eduardo Amorim; "Não se mantendo ao lado de Jackson, defendo uma candidatura própria", afirmou; será que o senador Valadares ouvirá os apelos de Aribé? (Foto: Valter Lima)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O vereador Lucas Aribé (PSB) defendeu, nesta quinta-feira (27) em entrevista ao radialista George Magalhães, que o PSB se mantenha na base governista, independentemente do espaço que ocupe na chapa majoritária no projeto de reeleição do governador Jackson Barreto (PMDB). No entanto, ele é contrário a um entendimento com o DEM, do prefeito João Alves Filho, ou com o PSC, do senador Eduardo Amorim. "Não se mantendo ao lado de Jackson, defendo uma candidatura própria", afirmou. Ele também disse não entender porque o DEM deve entrar na chapa governista e o PSB sair. 

"O PSB desde 1994 tem ocupado uma vaga na majoritária quer seja para senador, vice ou governador. Qual o interesse do partido este ano? Continuar na majoritária. A prioridade a meu ver, e creio que seja também dos nossos representantes, é continuar com o governador Jackson Barreto. É assim que penso e creio que eles também pensem dessa forma", ressaltou. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Para ele, uma aliança com o DEM ou com o PSC causará estranheza na população. "O PSC era da coligação a nível nacional, mas estadual não era. Penso que essa posição deve ser mantida em respeito à coligação e ao povo sergipano porque fica complicado formar de repente uma coligação PSC e PSB". 

Enquanto o vereador Lucas Aribé defende a manutenção da aliança com o PMDB, o seu partido prepara o desembarque da administração estadual. Segundo o jornalista Adiberto de Souza, o PSB deixa o governo de Sergipe amanhã. "Nesta quinta, o presidente estadual do partido, deputado federal Valadares Filho, comunica oficialmente a debandada ao governador Jackson Barreto. A saída dos secretários e ocupantes de cargos no 2º escalão ainda não significa um rompimento, porém é quase certo que o PSB não marchará com Jackson na próxima campanha eleitoral. Forçados a montar um palanque no estado para o presidenciável Eduardo Campos, os neosocialistas sergipanos estão à procura de novos aliados para disputar as eleições estaduais, contudo isso só será definido a partir do próximo dia 11, não estando afastada a hipótese de o próprio senador Antônio Carlos Valadares se candidatar ao governo", afirma o jornalista na edição desta quinta-feira (27) da sua coluna no Portal Infonet.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO