CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Imbassahy defende voto aberto em caso de cassação

Deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) quer aprovação da PEC 349 que institui a obrigatoriedade do voto aberto em todas as votações no Congresso Nacional, inclusive num eventual processo de cassação do mandato do deputado e ex-candidato à Prefeitura de Osasco-SP, João Paulo Cunha (PT); "Na democracia, nada deve permanecer confinado no espaço do mistério", afirma o tucano

Imbassahy defende voto aberto em caso de cassação (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Bahia 247

O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) voltou à carga esta semana nas articulações, na Câmara, em prol da aprovação, em segundo turno, da PEC 349 que institui a obrigatoriedade do voto aberto em todas as votações no Congresso Nacional. A proposta foi aprovada em primeiro turno no dia 5 de setembro de 2006 e desde então a sua tramitação não avança em direção ao plenário da Casa.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo Imbassahy um eventual processo de cassação do mandato do deputado João Paulo Cunha (PT-SP), que ele entende como provável de acontecer, será uma grande oportunidade para a Câmara por em prática esse novo modelo de votação, mais transparente.

"Como ainda existem trâmites legais a serem seguidos até o final do julgamento do mensalão no STF, há tempo suficiente para que a Mesa Diretora da Câmara inclua a PEC 349 na pauta de votações", disse Imbassahy, que é um dos articuladores da Frente Parlamentar em Defesa do Voto Aberto.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O deputado diz que a apreciação da proposta encontra fortes resistências por parte da base governista que, de forma equivocada, ainda acredita que a votação de determinados temas careça de sigilo.

"No sistema democrático em que vivemos já não há absolutamente nada que justifique voto secreto no parlamento brasileiro", opina o tucano.
Nesses últimos dois anos já foram apresentados 11 requerimentos solicitando a votação em segundo turno da PEC 349. "Na democracia, nada deve permanecer confinado no espaço do mistério", concluiu.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO