CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Mano vê Forlán como destaque da Copa América

Treinador brasileiro descarta duelo de estrelas entre Neymar e Messi

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Lionel Messi e Neymar são os principais destaques das seleções de Argentina e Brasil e serão observados de perto por todos durante a Copa América. Mas, mesmo com a grande expectativa para um duelo entre os dois astros, o técnico Mano Menezes refutou, nesta segunda-feira, a chance do torneio continental se tornar um duelo particular entre eles.

"Não vejo assim, temos grandes jogadores na América do Sul. Temos por exemplo o destaque da Copa, o Forlán. Temos que respeitar todos, temos um futebol de qualidade na América do Sul. Provavelmente veremos isso na Copa América", disse Mano, lembrando que outras seleções tem jogadores renomados, como o uruguaio Diego Forlán, eleito o melhor jogador da última Copa do Mundo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O técnico afirmou que a seleção da Argentina é a favorita ao título da Copa América, que será realizada em julho, principalmente por ser a anfitriã do torneio. Porém, ressaltou que este favoritismo é apenas teórico e que a força das seleções só será conhecida quando o torneio começará a ser disputado.

"Da mesma maneira que o Brasil é favorito na Copa do Mundo de 2014 [por ser o país-sede]. Se analisarmos o fator local, o jejum de conquistas da Argentina, eles fizeram todo um planejamento para que isso aconteça. Mas isso é teoria, a competição começa no dia 1º, e aí sim vamos ver quem são os favoritos", afirmou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Mas mesmo com a grande expectativa da Argentina para a Copa América, Mano lembrou que Messi ainda não conseguiu brilhar na sua seleção como tem acontecido no Barcelona. "Alguns jogadores arrebentam nos clubes e nem tanto na seleção. Podemos citar o Messi, que faz o que vemos no Barcelona e não conseguiu repetir o mesmo pela Argentina na Copa. O contrário também é verdadeiro" comentou.

Mano também avaliou que o Paraguai é o adversário mais perigoso do Brasil no Grupo B da Copa América, que também conta com Equador e Venezuela. "Teoricamente é o Paraguai, mas isso não quer dizer que os outros não trarão dificuldades. A Venezuela fez um bom jogo com a Espanha, só perdeu por falhas individuais. O primeiro jogo é a Venezuela, então nesse momento é o mais difícil", afirmou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO