CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Paim: governo está sem rumo e está levando o PT junto

Senador petista Paulo Paim reagiu à aprovação no Senado da MP 665, que muda as regras do seguro-desemprego e do abono salarial, e anunciou que deve pedir licença do mandato; ele também pediu que as ruas se mobilizem contra essas medidas: “Estou desnorteado. O governo está sem rumo e está levando o PT junto. As ruas precisam reagir. Nós vamos ao Supremo”

Imagem Thumbnail
O senador Paulo Paim, durante audiência pública interativa para debater o racismo sofrido pelos os jogadores negros nos estádios (Antonio Cruz/Agência Brasil) (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O senador petista Paulo Paim reagiu à aprovação no Senado da MP 665, que muda as regras do seguro-desemprego e do abono salarial. Ele anunciou que deve pedir licença do mandato e também pediu que as ruas se mobilizem contra essas medidas:

“Essa foi uma das piores noites da minha vida. Estou desnorteado. O governo está sem rumo e está levando o PT junto. As ruas precisam reagir. Nós vamos ao Supremo”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Antes da votação, Paim leu manifesto de várias centrais sindicais e confederações trabalhistas que pediam ao Senado a rejeição das propostas. "Qualquer cidadão do bem tem a obrigação de nos ajudar a rejeitar esse projeto. Se depender de mim, eu vou a todos estados e começo essa cruzada nacional todo fim de semana em relação a essa onda de retrocesso conservadora que está, infelizmente, vindo da Câmara dos Deputados e que nós temos que contrapor", disse.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO