Sabesp cogita rodízio de 5x2 ainda neste ano

Considerando um período de chuvas no mesmo nível de 2014, previsão é que a água acabe em agosto; rodízio drástico atingiria mais de cinco milhões de pessoas; último dia em que o nível de abastecimento do Sistema Cantareira subiu foi 21 de abril; governador Geraldo Alckmin (PSDB) nega o rodízio e diz que São Paulo "está no melhor momento"

Considerando um período de chuvas no mesmo nível de 2014, previsão é que a água acabe em agosto; rodízio drástico atingiria mais de cinco milhões de pessoas; último dia em que o nível de abastecimento do Sistema Cantareira subiu foi 21 de abril; governador Geraldo Alckmin (PSDB) nega o rodízio e diz que São Paulo "está no melhor momento"
Considerando um período de chuvas no mesmo nível de 2014, previsão é que a água acabe em agosto; rodízio drástico atingiria mais de cinco milhões de pessoas; último dia em que o nível de abastecimento do Sistema Cantareira subiu foi 21 de abril; governador Geraldo Alckmin (PSDB) nega o rodízio e diz que São Paulo "está no melhor momento" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O plano de contingência elaborado pelo Comitê da Crise Hídrica de São Paulo, criado pelo governo Geraldo Alckmin (PSDB), cogita implantar um rodízio drástico ainda neste ano, de cinco dias sem água por dois com água na semana.

A informação é da reportagem do portal El País, que teve acesso ao plano do comitê. O grupo é formado por representantes da Sabesp, da Defesa Civil, da Secretaria de Segurança Pública, da Prefeitura de São Paulo, de universidades e da sociedade.

O rodízio seria aplicado nas regiões abastecidas pelo Sistema Cantareira e atingiria mais de cinco milhões de pessoas. O último dia em que o nível de abastecimento do principal reservatório da região metropolitana subiu foi 21 de abril (leia mais).

Alckmin negou nesta sexta-feira 8 a possibilidade do rodízio 5x2 e disse que São Paulo "está no melhor momento". Segundo ele, a quantidade de água no Cantareira garante o abastecimento durante o período de seca.

"As coisas são tiradas e desinformam a população. O que a Sabesp fez foi o chamado plano de contingência, então, não tem nenhuma hipótese de ter rodizio 5x 2, nada", disse o governador, durante um evento na Zona Sul da capital paulista.

Considerando um período seco, de chuvas no mesmo nível de 2014, a previsão para este ano é que a água do Cantareira acabe em agosto. Caso as chuvas sejam 20% menores, em julho. Na simulação mais otimista da Sabesp, que considera concluídas obras emergenciais, o reservatório chegaria a outubro com a primeira cota do volume morto esgotada.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247