Depois de Twitter e Instagram, YouTube também bane Sara Winter

O encerramento se deu na madrugada desta terça-feira (18) dois dias depois de ela ter feito uma postagem em redes sociais expondo o nome de uma menina de 10 anos de idade que foi estuprada pelo tio

A militante fascista Sara Giromini foi presa pela Polícia Federal
A militante fascista Sara Giromini foi presa pela Polícia Federal (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no jornal O Globo, “informou que o YouTube encerrou a conta da militante extremista Sara Giromini na plataforma”. 

“O encerramento se deu na madrugada desta terça-feira, dois dias depois de ela ter feito uma postagem em redes sociais expondo o nome de uma menina de 10 anos de idade que foi estuprada pelo tio e que teve a gravidez interrompida por determinação da justiça. De acordo com a plataforma, a conta de Giromini foi encerrada por ‘violação dos termos de serviço do YouTube’. Procurado,o YouTube ainda nãos e pronunciou sobre as razões que levaram ao encerramento da conta”, acrescentou Jardim. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247