CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Merval já prevê prisão de André Vargas

Colunista Merval Pereira lista suspeitas que recaem sobre o vice-presidente da Câmara por sua relação com o doleiro preso pela PF; segundo ele, Vargas pode optar pela renúncia ao mandato para evitar a cassação, as nada disso parará as investigações. “O gesto revolucionário de erguer o punho em sinal de resistência pode ser repetido mais adiante no mesmo cenário que seus companheiros petistas o fizeram, na entrada do presídio da Papuda, em Brasília”

Imagem Thumbnail
Colunista Merval Pereira lista suspeitas que recaem sobre o vice-presidente da Câmara por sua relação com o doleiro preso pela PF; segundo ele, Vargas pode optar pela renúncia ao mandato para evitar a cassação, as nada disso parará as investigações. “O gesto revolucionário de erguer o punho em sinal de resistência pode ser repetido mais adiante no mesmo cenário que seus companheiros petistas o fizeram, na entrada do presídio da Papuda, em Brasília” (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O deputado André Vargas (PT) pediu ontem licença do cargo de vice-presidente da Câmara diante das suspeitas de envolvimento com esquemas ilícitos do doleiro Alberto Youssef. Para o colunista do Globo Merval Pereira, ele até pode evitar cassação, mas não se livra da prisão. Leia:

O gesto e o fato

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

1- Depois de meses acompanhando o julgamento do mensalão, já é de conhecimento público que o crime de corrupção passiva, descrito no artigo 317 do Código Penal, é de mera conduta, sendo consumado com o simples ato de "aceitar promessa" de vantagem, sendo desnecessário o recebimento da propina

2- A série de telefonemas entre o deputado André Vargas e o doleiro está com a Polícia Federal e ele sabe que suas conversas, assim como as do ex-senador Demóstenes Torres com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, desnudam sua relação com o doleiro, que já está caracterizada pela PF como muito mais que uma simples amizade

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

3- O gesto "revolucionário" de erguer o punho em sinal de resistência pode ser repetido mais adiante no mesmo cenário que seus companheiros petistas o fizeram, na entrada do presídio da Papuda, em Brasília

Depois de meses acompanhando o julgamento do mensalão, já é de conhecimento público que o crime de corrupção passiva, descrito no artigo 317 do Código Penal, é de mera conduta, sendo consumado com o simples ato de aceitar promessa de vantagem, sendo desnecessário o recebimento da propina. Desse ponto de vista, basta o diálogo entre o agora deputado federal petista licenciado André Vargas e o doleiro Alberto Youssef para caracterizar a corrupção.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O doleiro garante que o negócio no Ministério da Saúde, para o qual pede o apoio do deputado, fará a independência financeira dos dois. E ainda termina a mensagem de texto com uma gargalhada digital (kkkkk). Vargas não apenas não rejeita a oferta como, em outra mensagem, garante que vai atuar para agilizar o processo no ministério a fim de ajudar o amigo de 20 anos .

O contrato da Labogen Química Fina e Biotecnologia, que segundo a Polícia Federal é um dos braços do esquema de lavagem de dinheiro do doleiro, com o Ministério da Saúde, no valor de R$ 150 milhões para o fornecimento do princípio ativo do Viagra, foi assinado pelo ministro Alexandre Padilha, outro cardeal do PT, hoje candidato ao governo de São Paulo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Além disso, haveria um empréstimo do próprio ministério para a empresa de cerca de R$ 30 milhões, que acabou suspenso quando surgiu a investigação que colocou na cadeia os sócios do laboratório, que na verdade era uma empresa de fachada para remessa de dólares para o exterior e contratos fraudulentos como esse.

O ex-provável futuro presidente da Câmara André Vargas agora trata de tentar salvar a própria pele em vez de fazer planos grandiosos que não cabem em seu histórico. Ao pedir afastamento por 60 dias do mandato, ele joga com a possibilidade de esfriar o escândalo nesse período, mas dificilmente isso acontecerá.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A série de telefonemas entre ele e o doleiro está com a Polícia Federal e ele sabe que suas conversas, assim como as do ex-senador Demóstenes Torres com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, desnudam sua relação com o doleiro, que já está caracterizada pela Polícia Federal como muito mais que uma simples amizade.

Seu processo acaba de ser enviado para o Supremo tribunal Federal (STF) para que seja feita uma investigação que só essa instância da Justiça pode fazer com os que têm mandato parlamentar. O mesmo Supremo que Vargas tentou desmoralizar ao erguer os punhos cerrados ao lado do presidente Joaquim Barbosa.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ex-secretário nacional de Comunicação do PT ainda caiu na besteira de enviar uma mensagem pelo celular dizendo que teve vontade de dar uma cotovelada em Barbosa, que estava a seu lado. Não é à toa que o deputado licenciado, prestes a perder o mandato, sempre esteve na linha de frente pelo controle social da mídia .

Todos os seus desvios éticos, desde a carona no jatinho do doleiro, os contratos nebulosos com o Ministério da Saúde que lhe dariam independência financeira , até a má educada mensagem sobre Joaquim Barbosa, foram revelados pela imprensa que ele sonha controlar um dia através de conselhos da sociedade .

Os partidos oposicionistas PSDB, DEM e PPS, por um lado, e o PSOL pelo outro, apresentaram nesta segunda-feira uma representação no Conselho de Ética da Câmara, e sua licença para cuidar de assuntos pessoais , como se seu trabalho de lobista de doleiro não fosse exatamente isso, não terá o condão de interromper as investigações.

Ele pode optar pela renúncia ao mandato para evitar a cassação e se candidatar novamente em outubro. Mas nada disso parará as investigações. O gesto revolucionário de erguer o punho em sinal de resistência pode ser repetido mais adiante no mesmo cenário que seus companheiros petistas o fizeram, na entrada do presídio da Papuda, em Brasília.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO