China insta Israel a parar operação militar em Rafah

A China alerta para “grande desastre humanitário”

Ataque israelense a Rafah
Ataque israelense a Rafah (Foto: BASSAM MASOUD/REUTERS)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A China instou Israel nesta terça-feira (13) a interromper a operação militar na cidade de Rafah, em Gaza, “o mais rápido possível”, alertando para um “grave desastre humanitário” ali se os combates não parassem.

“A China acompanha de perto os acontecimentos na área de Rafah, opõe-se e condena ações que prejudicam civis e violam o direito internacional”, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores em comunicado, informa a agência WAFA.

continua após o anúncio

O número de palestinos mortos em Gaza aumentou para 28.340, e outros 67.984 ficaram feridos desde o início da agressão na Faixa de Gaza, em 7 de Outubro de 2023.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247