China reitera posição de neutralidade: defende integridade territorial da Ucrânia e reconhece preocupações legítimas da Rússia

"Não se deve permitir que as vozes ocidentais dominem a voz da comunidade internacional sobre a situação da Ucrânia", defende ainda a China

www.brasil247.com -
(Foto: Jason Lee/Reuters)


247, com Global Times - O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse: "A China sustenta que a soberania e a integridade territorial de todos os países devem ser respeitadas e protegidas e os propósitos e princípios da Carta da ONU devem ser observados com seriedade. Esta posição da China é consistente e clara, e se aplica igualmente para a questão da Ucrânia."

Mas ele também disse: "As preocupações legítimas de segurança de todos os países devem ser respeitadas. Dadas as cinco rodadas consecutivas de expansão da Otan para o leste, as demandas de segurança legítimas da Rússia devem ser levadas a sério e tratadas adequadamente".

O texto do Global Times acrescenta: "Não se deve permitir que as vozes ocidentais dominem a voz da comunidade internacional sobre a situação da Ucrânia, pois as potências ocidentais, especialmente os EUA e a OTAN, têm sido as forças-chave na instigação da crise e contradição entre a Rússia e a Ucrânia".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email