CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Escândalo de doação privada pode derrubar presidente de Honduras

Em meio a uma série de protestos pedindo sua renúncia, o presidente de Honduras, Juan Hernández, disse nesta quarta-feira que sua campanha presidencial de 2013 aceitou dinheiro de companhias ligadas a um dos maiores escândalos de corrupção da história do país; protestos nas ruas começaram nos últimos meses à medida que investigações no escândalo de 200 milhões de dólares envolvendo o Instituto de Segurança Social de Honduras (IHSS) apontou um financiamento de campanha suspeito

Imagem Thumbnail
Em meio a uma série de protestos pedindo sua renúncia, o presidente de Honduras, Juan Hernández, disse nesta quarta-feira que sua campanha presidencial de 2013 aceitou dinheiro de companhias ligadas a um dos maiores escândalos de corrupção da história do país; protestos nas ruas começaram nos últimos meses à medida que investigações no escândalo de 200 milhões de dólares envolvendo o Instituto de Segurança Social de Honduras (IHSS) apontou um financiamento de campanha suspeito (Foto: Leonardo Attuch)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

TEGUCIGALPA (Reuters) - Em meio a uma série de protestos pedindo sua renúncia, o presidente de Honduras, Juan Hernández, disse nesta quarta-feira que sua campanha presidencial de 2013 aceitou dinheiro de companhias ligadas a um dos maiores escândalos de corrupção da história do país.

Ele disse que ele e seu partido, Partido Nacional, não sabiam de onde o dinheiro vinha e esperava que uma investigação descobrisse e punisse os responsáveis por violar quaisquer leis.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Protestos nas ruas começaram nos últimos meses à medida que investigações no escândalo de 200 milhões de dólares envolvendo o Instituto de Segurança Social de Honduras (IHSS) apontou um financiamento de campanha suspeito.

Nesta quarta-feira, buscando sair na frente de qualquer revelação que pudesse danificar sua imagem, Hernández disse que contadores do Partido Nacional descobriram que o dinheiro de companhias ligadas ao escândalo da IHSS entraram nos cofres da campanha.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Hernández disse que a quantia encontrada de 140 mil dólares no financiamento da campanha era ligada as companhias do escândalo, sem dar mais detalhes.

O presidente disse a repórteres que "eu, eu mesmo, Juan Orlando, não tenho nada a ver" com o escândalo, e que seu governo estava ansioso para que o episódio fosse esclarecido e os culpados punidos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

(Reportagem de Gustavo Palencia)

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO