Medvedev diz que Otan deveria se dissolver

A Otan se esqueceu facilmente o que fez em todo o mundo, incluindo orquestrar golpes de Estado e derrubar chefes de Estado legítimos

www.brasil247.com - Dmitry Medvedev durante desfile do Dia da Vitória em Moscou
Dmitry Medvedev durante desfile do Dia da Vitória em Moscou (Foto: REUTERS/Maxim Shemetov)


TASS - O mundo civilizado não precisa da Otan, uma "organização criminosa" cujos estados membros representam apenas cerca de 12% da população mundial, disse o vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, na terça-feira (29).

"Os países da Otan não representam mais de 12% da população do planeta. O mundo civilizado não precisa dessa organização. Deve se arrepender perante a humanidade e se dissolver sob a alegação de ser uma organização criminosa", escreveu Medvedev em seu canal no Telegram.

De acordo com Medvedev, a Otan "esqueceu facilmente" o que havia feito em todo o mundo, incluindo orquestrar golpes de estado e derrubar chefes de Estado legítimos. A organização e sua liderança também parecem ter esquecido as inúmeras baixas civis causadas por suas operações e fornecimento de armas a regimes extremistas, acrescentou Medvedev.

Medvedev também comentou sobre as recentes observações do secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, sobre a necessidade de preservar a soberania e a independência da Ucrânia.

"Mas ele não fez nenhuma menção à sua integridade territorial. Tipo, é para vencer, mas, aparentemente, com um território dizimado", disse.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247