Rússia conquista novas vitórias contra exército ucraniano

Forças ucranianas perdem centenas de militares, e blindados

(Foto: Alexander Ermochenko/Reuters)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Sputnik - As tropas ucranianas perderam cerca de 500 militares em Kupyansk e Krasny Liman. Destaca-se que em Kupyansk as forças russas melhoraram suas posições na área dianteira do front, relatou o Ministério da Defesa da Rússia.

Além disso, nas referidas localidades o Exército de Kiev perdeu também dois veículos de combate de infantaria, dois veículos blindados de transporte, dois tanques, um sistema de lançamento múltiplo de foguetes Grad e vários outros blindados, destaca o comunicado desta terça-feira (13).

continua após o anúncio

De acordo com as informações do ministério, em Donetsk os militares russos repeliram cinco ataques da Ucrânia, o adversário perdeu até 325 combatentes entre mortos e feridos, um tanque e quatro veículos blindados de combate.

Por sua vez, meios russos de defesa antiaérea derrubaram no último dia 63 drones ucranianos e três projéteis de sistema de lançamento múltiplo de foguetes Himars.

continua após o anúncio

Na direção do sul de Donetsk as tropas russas eliminaram até 250 combatentes ucranianos, dois veículos de combate de infantaria, um sistema de artilharia M777 de produção dos EUA e uma estação de guerra eletrônica.

No total, desde o início da operação militar especial, foram destruídos 570 aviões, 265 helicópteros, 12.292 veículos aéreos não tripulados, 464 sistemas de defesa antiaérea, 14.994 tanques e outros veículos blindados de combate, 1.219 lançadores múltiplos de foguetes, 8.021 peças de artilharia de campanha e morteiros e 18.574 unidades de veículos militares especiais ucranianos, resumiu o Ministério da Defesa da Rússia.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247