Knud Romer. O ostracismo do idoso no primeiro mundo

O escritor dinamarquês Knud Romer faz uma contundente reflexão sobre como nossa sociedade é construída com valores hipócritas, sobre valores falsos, negligenciando as relações humanas, principalmente as relações com os idosos. Um retrato vivo e cortante sobre a realidade do nosso tempo.

O escritor dinamarquês Knud Romer faz uma contundente reflexão sobre como nossa sociedade é construída com valores hipócritas, sobre valores falsos, negligenciando as relações humanas, principalmente as relações com os idosos. Um retrato vivo e cortante sobre a realidade do nosso tempo.
O escritor dinamarquês Knud Romer faz uma contundente reflexão sobre como nossa sociedade é construída com valores hipócritas, sobre valores falsos, negligenciando as relações humanas, principalmente as relações com os idosos. Um retrato vivo e cortante sobre a realidade do nosso tempo. (Foto: Luis Pellegrini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

 


 
 
Vídeo: Entrevista com o escritor Knud Romer

 

O escritor dinamarquês Knud Romer, 53 anos, decidiu realizar um documentário – “Uma Folha Cai ao Céu” – a partir dos registros que fez dos últimos tempos de vida do pai, já profundamente afetado pelo mal de Alzheimer. Nesta entrevista, dada a um canal de televisão de seu país, o escritor não só fala do documentário, mas também faz uma reflexão sobre o caminho solitário da velhice, tecendo duras críticas à forma como a sociedade é construída, com valores hipócritas, negligenciando as relações humanas, principalmente as relações com os idosos. Emocionado, ele conta como o pai, já no fim, foi tratado com a mais odiosa indiferença pelos médicos. Este vídeo é um retrato da sociedade que construímos para nós mesmos. Um sistema injusto que precisa ser urgentemente reformulado.

 

 Vídeo: Entrevista com Knud Romer

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247