O caso wikipédia

Militante cirista que manipula a Wikipédia ameaça Rodrigo Neves e ataca Marcelo Freixo

Rodrigo Padula, que coordenou ataque à mídia independente, reagiu à aproximação dos dois políticos do Rio de Janeiro com o ex-presidente Lula

www.brasil247.com - Rodrigo Padula, Marcelo Freixo com Lula e Rodrigo Neves com Lula
Rodrigo Padula, Marcelo Freixo com Lula e Rodrigo Neves com Lula (Foto: Reprodução/Youtube | Reprodução/Twitter)


247 – O militante cirista Rodrigo Padula, que coordenou um ataque à mídia independente dentro da Wikipédia, ao lado dos perfis anônimos "Liquet" e "Theys York", numa ação política que corrompeu os princípios da plataforma e classificou o Brasil 247 como "fonte não confiável", decidiu partir para o ataque direto contra políticos que se aproximam do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ontem, quando Rodrigo Neves e Marcelo Freixo participaram de um ato político que marcou o centenário do PCdoB e demonstraram cordialidade em relação a Lula, Padula, que faz campanha por Ciro Gomes, reagiu imediatamente. No caso de Rodrigo Neves, filiado ao PDT, o mesmo partido de Ciro, o tom foi de ameaça. "Espero que tenha a decência de não se juntar a Lula. Você teve que sair do PT para ser reeleito em Niterói, estando no PDT apoiando Lula, terá campanha contra você em Niterói e por todo Rio", disse ele. Confira:

Tweet de Rodrigo Padula
Tweet de Rodrigo Padula(Photo: Reprodução Twitter)Reprodução Twitter

Em relação a Freixo, Padula disse que ele perderá as eleições por ter escolhido o "lado errado" – o de Lula, e não o de Ciro Gomes – o que deixou clara a parcialidade do wikipedista. Tal postura adotada nas redes sociais, quando transportada à Wikipédia, fere os princípios da plataforma, que defende a premissa da neutralidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A iniciativa de Padula contra a mídia independente na plataforma foi condenada pela Associação Brasileira de Imprensa e pelas duas chapas que concorrem à sua sucessão, bem como pelo coordenador do grupo Prerrogativas, Marco Aurélio de Carvalho, e pelo presidente da Associação Brasileira de Mídia Digital, Florestan Fernandes Júnior, por representar um ataque ao jornalismo e à liberdade de expressão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saiba mais sobre o Brasil 247:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Brasil 247 é um dos principais veículos de comunicação do Brasil, com uma equipe de editores, colunistas e comentaristas formada por alguns dos mais renomados jornalistas profissionais do País, como Leonardo Attuch, Gisele Federicce, Mauro Lopes, Aquiles Lins, Tereza Cruvinel, Paulo Moreira Leite, Alex Solnik, Rodrigo Vianna, Joaquim de Carvalho, Helena Chagas, José Reinaldo Carvalho, Hildegard Angel, Cynara Menezes, Marcelo Auler, Luís Costa Pinto, Gustavo Conde, Milton Blay, Regina Zappa e Mário Vitor Santos, entre vários outros nomes que ocuparam posições de destaque em diversas redações. A equipe do site também reúne alguns dos principais e premiados cartunistas brasileiros, como Renato Aroeira, Miguel Paiva, Carlos Latuff e Nando Motta. Em 2021, Tereza Cruvinel venceu o Prêmio Comunique-se, como melhor colunista de opinião do Brasil.

O site mantém também um conselho editorial formado por alguns dos maiores intelectuais do Brasil, como Celso Antônio Bandeira de Mello, professor emérito da PUC-SP, Luiz Carlos Bresser Pereira, professor emérito da FGV-SP e recentemente escolhido como o maior economista brasileiro num ranking internacional, Celso Amorim, embaixador, ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa, Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do grupo Prerrogativas, Carol Proner, jurista da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, Aloizio Mercadante, presidente da Fundação Perseu Abramo, a filósofa Marcia Tiburi, os sociólogos Jessé Souza e Vilma Reis, o engenheiro Felipe Coutinho, da Associação dos Engenheiros da Petrobrás, além dos jornalistas Florestan Fernandes Júnior, Paulo Moreira Leite, Mauro Lopes, Ferréz, Gisele Federicce e Leonardo Attuch.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email