CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
O caso Wikipédia

Presidente da ABMD, Florestan Fernandes Júnior aponta "indignação" com classificação da Wikipédia sobre o Brasil 247

"É mais uma das tentativas de instrumentalização da informação, que têm se sucedido nesse tempo distópico de 'pós-verdade'", diz ele

Florestan Fernandes Júnior e Rodrigo Padula (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O jornalista Florestan Fernandes Júnior, presidente da Associação Brasileira de Mídia Digital (ABMD), reagiu com "indignação e preocupação" à decisão de um grupo de editores da Wikipédia, liderado por um militante da campanha presidencial de Ciro Gomes, de classificar como "fonte não confiável" o site Brasil 247 – o que significa que a publicação não poderá mais ser usada para referendar verbetes na enciclopédia aberta enquanto tal classificação perdurar.

"A campanha recente no Wikipedia para classificar vários veículos de informação como não confiáveis, incluiu o Brasil 247 nesse elenco. Registro aqui minha indignação e preocupação. O Brasil 247 é um dos mais importantes veículos de informação da imprensa independente e reúne corpo de jornalistas sérios, experimentados, comprometidos com a verdade", escreveu Florestan, em suas redes sociais.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Conta ainda com Conselho editorial, do qual faço parte, integrado por intelectuais e profissionais de várias áreas. O 'caso Wikipédia' é mais uma das tentativas de instrumentalização da informação, que têm se sucedido nesse tempo distópico de 'pós-verdade'. Para esse caso e outros mais que certamente virão, precisamos nos valer do que Caetano Veloso já cantava: 'é preciso estar atento e forte'. Não passarão!", acrescentou.

Brasil 247 é um dos principais veículos de comunicação do Brasil, com uma equipe de editores, colunistas e comentaristas formada por alguns dos mais renomados jornalistas profissionais do País, como Leonardo Attuch, Gisele Federicce, Mauro Lopes, Aquiles Lins, Tereza Cruvinel, Paulo Moreira Leite, Alex Solnik, Rodrigo Vianna, Joaquim de Carvalho, Helena Chagas, José Reinaldo Carvalho, Hildegard Angel, Cynara Menezes, Marcelo Auler, Gustavo Conde, Milton Blay, Regina Zappa e Mário Vitor Santos, entre vários outros nomes que ocuparam posições de destaque em diversas redações. A equipe do site também reúne alguns dos principais e premiados cartunistas brasileiros, como Renato Aroeira, Miguel Paiva, Carlos Latuff e Nando Motta. Em 2021, Tereza Cruvinel venceu o Prêmio Comunique-se, como melhor colunista de opinião do Brasil.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O site mantém também um conselho editorial formado por alguns dos maiores intelectuais do Brasil, como Celso Antônio Bandeira de Mello, professor emérito da PUC-SP, Luiz Carlos Bresser Pereira, professor emérito da FGV-SP e recentemente escolhido como o maior economista brasileiro num ranking internacional, Celso Amorim, embaixador, ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa, Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do grupo Prerrogativas, Carol Proner, jurista da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, Aloizio Mercadante, presidente da Fundação Perseu Abramo, a filósofa Marcia Tiburi, os sociólogos Jessé Souza e Vilma Reis, o engenheiro Felipe Coutinho, da Associação dos Engenheiros da Petrobrás, além dos jornalistas Florestan Fernandes Júnior, Paulo Moreira Leite, Mauro Lopes, Ferréz, Gisele Federicce e Leonardo Attuch.

O principal responsável pelo ataque ao 247, Rodrigo Padula, está claramente vinculado a uma campanha presidencial: a do pedetista Ciro Gomes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO