O caso wikipédia

Associação Brasileira de Imprensa cobra da Wikipédia que volte atrás no ataque contra a mídia independente

Entidade que defende a liberdade de expressão e o jornalismo condenou a ação arbitrária que violou as regras da própria plataforma

www.brasil247.com - Paulo Jeronimo, presidente da ABI
Paulo Jeronimo, presidente da ABI (Foto: ABI)


247 – A Associação Brasileira de Imprensa, entidade que defende a liberdade de expressão e o jornalismo no Brasil, condenou duramente a decisão tomada por alguns editores da Wikipédia contra o Brasil 247, que foi classificado como "fonte não confiável", e outros veículos de comunicação. Tal ação foi liderada pelo ativista digital Rodrigo Padula, militante político da campanha presidencial de Ciro Gomes, numa iniciativa que feriu o princípio de neutralidade defendido pela Wikipédia e permitiu que a plataforma fosse capturada por interesses políticos. Leia, abaixo, a nota assinada pelo jornalista Paulo Jeronimo, presidente da ABI:

Diante da decisão do portal Wikipedia Brasil de classificar portais progressistas (247, DCM e Fórum, entre outros) como “fontes não confiáveis” de informação, a Associação Brasileira de Imprensa se solidariza com esses portais.

Afinal, por que critérios o Wikipedia chegou a essa conclusão?

A ABI reafirma, ainda, seu compromisso com a mais ampla liberdade de informação e com a importância da diversidade de pontos de vista num regime democrático.

Isso é ainda mais importante num país como o Brasil, marcado por monopólios e oligopólios na área da comunicação.

Por fim, manifestamos a expectativa de que o Wikipedia reconheça seu equívoco e volte atrás em sua decisão.

Paulo Jeronimo – presidente da ABI

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247