Vida após aposentadoria. Como se reinventar na terceira idade?



Eis uma verdade: quando chega a hora de aposentar, alguns não querem parar. E para ocupar o tempo e a mente, surge a possibilidade de se fazer aquilo que realmente dá prazer, seja uma atividade de lazer ou até mesmo empreender e finalmente ter a sensação de ser o seu próprio chefe.

Considerando que a expectativa média de vida dos brasileiros atualmente está em 76 anos e que a idade média de aposentadoria em 2020 foi de aproximadamente 56 anos, os cidadãos de nosso país possuem longos 20 anos para aproveitar a vida após a aposentadoria.

E o que é possível fazer para desfrutar ao máximo este período? Veremos agora que existem diversas alternativas para que os aposentados se mantenham ativos e mentalmente saudáveis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Alternativas para os aposentados se manterem ativos e saudáveis

Vida após aposentadoria. Como se reinventar na terceira idade?

 Após longos anos de trabalho, chega o momento de usufruir dos benefícios da aposentadoria. A principal dica nessa etapa da vida é priorizar o bem-estar e focar em aumentar a qualidade de vida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Atividades de lazer conseguem suprir o lado emocional de quem passou a vida toda trabalhando e agora não vai mais precisar fazer isso.

Dessa forma, as primeiras questões que os aposentados devem priorizar são o descanso e as atividades de lazer. Mesmo se o aposentado tiver a ideia de empreender e abrir seu próprio negócio, é aconselhável que se tire pelo menos um ano para curtir alguns prazeres da vida sem as preocupações da rotina de trabalho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sendo assim, separamos algumas dicas para que os aposentados desfrutem do tempo livro com o máximo de qualidade possível:

· Não se isole em casa, viaje

Depois de tanto tempo no trabalho, é comum que o aposentado se sinta emocionalmente frágil com a distância dos colegas de trabalho e a desaceleração da rotina diária.

Considerando este cenário, passar todo o dia em casa é uma das piores opções e recomenda-se que o aposentado comece a planejar viagens para conhecer novos lugares ou até mesmo para voltar com mais calma naquela viagem que marcou sua vida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os amantes de viagens sabem que planejar uma viagem muitas vezes consome mais tempo do que os próprios dias que se passa viajando. Muitas pessoas investem horas dos seus dias para conhecer um pouco mais da história do destino escolhido, para escolher o melhor hotel, pesquisar os melhores restaurantes, etc.

Ah! E se for um destino internacional, pode ser uma ótima oportunidade para treinar um novo idioma.

· Comece a praticar atividades físicas

Uma excelente maneira de atrelar lazer e saúde é através da prática de atividades físicas. Além de ocupar o tempo, elas aumentam a sua longevidade, fortalecendo o corpo e prevenindo doenças.

Adicionalmente, se perto da sua casa tiver opções de atividades físicas ou esportes dedicados exclusivamente para pessoas com mais de 50 anos, será uma ótima oportunidade de fazer novas amizades.

O ideal é que o aposentado crie uma rotina, que pode ser composta, por exemplo, de 3 dias de atividades físicas por semana. A escolha das atividades cabe ao aposentado, mas é importante conversar com um médico e fazer um check-up para garantir que o aposentado está apto a realizar a atividade escolhida.

· Aproveite o tempo livre com a família

Se você nunca teve muito tempo para a família, o momento de compensar isso é agora. O que não faltam são atividades em família para encaixar no seu cronograma: viagens, passeios, almoços ou apenas sair de casa para qualquer lugar.

Se você não conseguiu ser um pai tão presente no dia-a-dia dos filhos, que tal acompanhar mais de perto a evolução de seus netos? Os aposentados que já são avós podem se prontificar a levar os netos na escola, ajudar com as tarefas do lar ou até mesmo aproveitar o final de semana para fazerem atividades de lazer como passeios em parque ou shoppings. Com certeza, os papais vão adorar essa ajuda dos avós com seus filhos.

· Se dedique aos hobbies que já tinha ou crie novos

Na vida depois da aposentadoria, há muito espaço para a prática de hobbies. Você pode pôr em prática o que nunca teve muito tempo de fazer ou se reinventar e fazer algo que nunca pensou que faria. Algumas ideias são:

  • Costura
  • Pintura
  • Jardinagem
  • Culinária
  • Fotografia
  • Dança
  • Artesanato
  • Jogos
  • Leitura
  • Coleções

É possível encontrar uma atividade para complementar a renda da aposentadoria?

No Brasil, segundo pesquisa do Sebrae, existem atualmente mais de 650 mil idosos que já estão empreendendo. Dos que não estão, 10,8%pensam em empreender. Portanto, além do lazer, o empreendedorismo é uma alternativa cada vez mais procurada pelos aposentados.

Engana-se quem acredita que empreender é algo restrito aos jovens profissionais do mercado de trabalho, pois já existem diversos casos de sucesso de pequenas empresas gerenciadas por aposentados na terceira idade.

As dicas para os aposentados conseguirem mais sucesso no mundo do empreendedorismo são:

· Fazer cursos complementares para entender como gerir um negócio próprio.

· Procurar auxílio de especialistas para montar um plano de negócios robusto e realista.

· Fazer um bom planejamento do tempo que será dedicado à nova atividade.

· Ter clareza no objetivo do negócio.

· Usar a experiência da idade ao seu favor.

Contudo, o engenheiro e especialista em educação financeira Ricardo Cid, faz algumas ressalvas: “Infelizmente, na realidade econômica de nosso país, a grande maioria dos aposentados sobrevive com menos de 3 salários mínimos e, com isso, fica mais difícil investir em cursos e ter os recursos financeiros necessários para abrir seu próprio negócio. Nestes casos, o ideal é procurar cursos gratuitos oferecidos pelo Sebrae, por exemplo, e começar a empreender em atividades que exijam pouco investimento inicial.” 

Considerando todo esse contexto, se você é aposentado ou está querendo ajudar algum parente ou amigo a empreender nessa etapa da vida, confira algumas interessantes ideias de pequenos negócios para aposentados:

· Franquias

De acordo com especialistas, uma das melhores maneiras de começar um empreendimento é através do modelo de franquia, onde o empreendedor pode contar com o auxílio e a expertise de uma grande empresa para iniciar seu próprio negócio.

Afinal, o negócio já foi testado no mercado e é mais rápido de montá-lo na sua região de atuação. O que não faltam são ideias de pequenos negócios para aposentados dentro desse modelo:

· Móveis planejados

· Restaurantes

· Loja de reparos e reformas

· Lanchonetes

· Corretora de seguros

· Cafeteria

· Tabacaria

· Serviços de consultoria

· Supermercados

· E-Commerce

Apesar do preconceito inicial que essa ideia possa causar nas pessoas comuns, a verdade é que há espaço para que aposentados criem seus negócios na internet. 

Tendo custo menor que uma loja física, o aposentado pode montar uma loja online nos mais diversos segmentos, e até mesmo para vender itens focados na terceira idade ou em algum segmento que possua experiência profissional.

Os últimos anos consolidaram de vez o e-commerce em nosso país. Então, porque não aproveitar esta maré favorável para inovar neste segmento?

· Hobbies

Que tal profissionalizar o seu hobbie e transformá-lo em algo lucrativo? É possível empreender desta maneira, por exemplo, em áreas como artesanato ou culinária (confecção de bolos, doces ou salgados).

Adicionalmente, em um mundo cada vez mais conectado e com mais facilidades de acesso à internet para o público na terceira idade, também é possível aproveitar o mundo virtual para transformar hobbies em negócios lucrativos.

Este é o caso da aposentada Eliete de Araujo, que adorava trocar mensagens de bom dia com as amigas e hoje criou um site especialmente para disponibilizar este tipo de conteúdo para outras pessoas.

Eliete conta que: “A criação do meu site, megafrases.com.br, começou com uma simples vontade de disponibilizar mensagens bonitas para que outras pessoas pudessem espalhar amor pela internet como eu sempre gostei de fazer com meu círculo de amigas. Contudo, atualmente recebemos tantas visitas que tenho até uma profissional mais experiente me auxiliando a gerenciar o site para que consigamos atender a todos os pedidos de nossos leitores.”.

Por que continuar ativo após a aposentadoria?

Alguns até podem dizer que gostam de ficar à toa e não fazer nada, mas a verdade é que quase ninguém aprecia ficar parado por um período muito grande, mesmo na aposentadoria. 

Além disso, a ideia de continuar ativo e lucrando após a aposentadoria é bastante cativante para qualquer um, principalmente para aqueles aposentados que não possuem uma renda muito alto e precisam complementar sua aposentadoria para ter uma qualidade de vida maior.

Portanto, esperamos que através dessas dicas tenhamos contribuído para que os aposentados possam se manter ativos, saudáveis e capazes de provar que a idade não deve ser encarada como um obstáculo ao sucesso!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email