Alckmin assumirá Presidência da República pela 1a. vez e despachará no gabinete de Lula

Vice responderá pela Presidência da República enquanto Lula estiver em viagem oficial, primeiro na Argentina, depois no Uruguai

www.brasil247.com - O vice-presidente, Geraldo Alckmin,e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a primeira reunião ministerial, no Palácio do Planalto
O vice-presidente, Geraldo Alckmin,e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a primeira reunião ministerial, no Palácio do Planalto (Foto: José Cruz/Agência Brasil)


247 - Na noite deste domingo (22/1), o vice-presidente Geraldo Alckmin assumirá a Presidência da República pela primeira vez. Alckmin, que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, responderá pela Presidência enquanto Luiz Inácio Lula da Silva estiver fora do país, cumprindo seus primeiros compromissos internacionais.

Lula viaja no início da noite deste domingo para a Argentina. Assim que estiver fora do espaço aéreo brasileiro, Alckmin será o presidente em exercício. 

Amanhã, Lula deve se encontrar com o presidente argentino, Alberto Fernández. Na terça, participará da VII Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), que reúne 33 países. Na quarta (25/1), Lula embarcará para o Uruguai.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, também participará da comitiva de Lula na Argentina. A pauta econômica da viagem pode incluir temas como a integração energética e da cadeia produtiva entre os dois países, além do início dos debates sobre a criação de uma moeda comum sul-americana.

Segundo Igor Gadelha, do Metrópoles, nos três dias em que ficará como presidente interino, Alckmin despachará no gabinete de Lula, no terceiro andar do Palácio do Planalto.

Segundo auxiliares do vice, teria sido o próprio Lula que pediu a Alckmin para despachar do gabinete presidencial nesse período.

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247