Devemos reconhecer aqueles que lutaram pela democracia, diz Pacheco em aceno ao STF

Declaração vem após Pacheco defender discussões sobre o fim do mandato ilimitado a ministros do STF

(Foto: Reprodução/YT)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que todos devem reconhecer aqueles que lutaram pela democracia através de seus próprios métodos, em meio a um embate crescente entre o Legislativo e o Judiciário em torno da questão de estabelecer um mandato de ministros do STF.

Pacheco também ressaltou que seu papel como senador é prezar pela separação entre os Poderes, mas também a harmonia entre eles. 'É através da política que encontramos soluções para os problemas. Eu creio e respeito a política. O Executivo e o Legislativo foram capazes de entregar uma reforma tributária. Afirmamos também a democracia do Brasil, que restou inabalada e protegida. Devemos reconhecer aqueles que lutaram pela democracia, seja pelo caminho que for, que é o regime pelo qual temos que percorrer', disse Pacheco em discurso na cerimônia de anúncio de um pacote de investimentos para MG, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira (8). 

continua após o anúncio

'Reafirmo que, guardada a separação entre os Poderes, há aquilo que é a harmonia entre os Poderes, que respeitaremos. Meu papel no Senado é fazer um pedido respeitoso, que é ter um olhar diferenciado para MG', disse Pacheco. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247