Gleisi defende que PL seja investigado por tentativa de golpe

Medidas mais severas, como a cassação do registro partidário, poderiam ser tomadas com base nos resultados da investigação

Gleisi Hoffmann
Gleisi Hoffmann (Foto: Renato Araújo/Câmara dos Deputados)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, defende que a Procuradoria Geral da República investigue o possível envolvimento do Partido Liberal (PL) na tentativa de golpe de 8 de janeiro. Gleisi enfatizou a importância de obter informações concretas sobre o assunto, indicando que medidas mais severas, como a cassação do registro partidário, poderiam ser tomadas com base nos resultados da investigação. Segundo a coluna Painel, ela endossou uma iniciativa liderada pelo senador Humberto Costa (PT-PE) para que a PGR examine o papel de líderes do PL, incluindo o ex-presidente Jair Bolsonaro, nas conspirações golpistas reveladas pela Polícia Federal.

Humberto Costa moveu uma ação junto à PGR visando esclarecer o envolvimento de dirigentes do PL nas tramas golpistas. A operação da Polícia Federal mirou altos membros do partido, incluindo o presidente da legenda, Valdemar Costa Neto, e o secretário de Relações Institucionais, general Walter Braga Netto. A postura de Gleisi reflete a gravidade das acusações e a necessidade de uma investigação rigorosa para esclarecer o papel do PL nessas alegações de golpe.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247