Haddad deseja restabelecimento e demissão de Wajngarten

"Desejamos seu pronto restabelecimento e sua demissão por conflito de interesse!", postou Fernando Haddad no Twitter sobre o chefe da Secom, que está sob suspeita do coronavírus

Fernando Haddad e Fábio Wajngarten
Fernando Haddad e Fábio Wajngarten (Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro Fernando Haddad desejou pelo Twitter "pronto restabelecimento" ao chefe da Secretaria de Comunicação, Fábio Wajngarten, que está sob suspeita de coronavírus, e "sua demissão por conflito de interesse". 

Wajngarten é investigado pela Polícia Federal por suspeita de corrupção, peculato (desvio de recursos públicos) e advocacia administrativa, ou seja, "patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de funcionário".

Isso porque, mesmo estando com cargo público, ele segue como o principal sócio de uma empresa que presta consultoria e recebe dinheiro de TVs e empresas de publicidade contratadas pela secretaria comandada por ele.

Wajngarten, que estava em viagem aos Estados Unidos junto com Jair Bolsonaro, voltou com suspeita de coronavírus. Ele aguarda para esta quinta-feira 12 o resultado do exame.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247