Lula ainda lidera, mas vantagem sobre Bolsonaro cai pela metade em Minas Gerais

Pesquisa Genial/Quaest aponta 42% de Lula contra 33% de Bolsonaro; vantagem de nove pontos era de dezoito na pesquisa anterior

www.brasil247.com - Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro (Foto: Ricardo Stuckert | ABr)


247 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera em Minas Gerais, mas Jair Bolsonaro cresceu e reduziu a diferença que os separa. "O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é a escolha de 42% dos eleitores mineiros no primeiro turno da eleição para a Presidência. O dado é da nova pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta sexta-feira, que mostra Jair Bolsonaro (PL) 33% das intenções de voto no estado. A diferença entre os dois, que agora está em 9 pontos percentuais, era de 18 um mês atrás na mesma pesquisa (46% a 28%)", aponta reportagem publicada no jornal O Globo.

"Os percentuais de Lula e Bolsonaro indicam novo recuo da liderança do petista no estado, que é o segundo maior colégio eleitoral do país. Em março, 46% dos mineiros declaravam voto no ex-presidente e 21%, no candidato à reeleição — uma diferença de 25 pontos", prossegue o texto. "Na simulação de segundo turno a diferença entre os dois também caiu pela metade. Em julho, era de 25 pontos percentuais. Agora, é de 12. Se as eleições fossem hoje, segundo a Genial/Quaest, Lula venceria por 49% a 37% em Minas Gerais. Um mês atrás, esse placar do segundo turno era 55% a 30%."

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email