Lula confirma Haddad na Fazenda, Múcio na Defesa, Dino na Justiça, Rui Costa na Casa Civil e Mauro Vieira no Itamaraty

Lula ainda disse que conversará com Múcio para definir quem serão os novos comandantes das Forças Armadas

www.brasil247.com - Haddad, Dino, Gleisi, Lula, Alckmin, Rui Costa e Múcio
Haddad, Dino, Gleisi, Lula, Alckmin, Rui Costa e Múcio (Foto: Reprodução)


247 - O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), confirmou nesta sexta-feira (9) em entrevista coletiva a indicação de Fernando Haddad (PT) para o Ministério da Fazenda.

Lula anunciou também o ex-presidente do TCU (Tribunal de Contas da União) José Múcio para o Ministério da Defesa, o ex-governador e senador eleito Flávio Dino (PSB-MA) para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, Mauro Vieira para o Ministério das Relações Exteriores e o governador da Bahia, Rui Costa (PT), para a Casa Civil.

  • Fernando Haddad - Fazenda
  • José Múcio - Defesa
  • Flávio Dino - Justiça e Segurança Pública
  • Rui Costa - Casa Civil
  • Mauro Vieira - Ministério das Relações Exteriores

Lula não anunciou quem serão os novos comandantes das Forças Armadas.

A princípio, Lula só anunciaria seus ministros após sua diplomação como presidente da República, marcada para a próxima segunda-feira (12). Nesta quinta-feira (8), porém, a presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), informou que o presidente eleito havia mudado de ideia: "ele estava querendo deixar para depois da diplomação, mas tem muita especulação, muita coisa".

No entanto, acredita-se que o real motivo da antecipação do anúncio seja uma tensão na caserna. Lula teria decidido anunciar o nome do ministro da Defesa para evitar um vácuo de poder nos quartéis, já que os atuais chefes das tropas - bolsonaristas - anunciaram publicamente que pretendem deixar seus cargos antes da troca de presidentes para não ter que servir sob o comando do novo presidente.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247